PUBLICIDADE
Topo

Reunião termina sem novo acordo, mas Cruzeiro decide seguir com a Adidas

Cruzeiro cogitou romper contrato e criar marca própria, mas seguirá negociando com a Adidas, que permanece na camisa - Cruzeiro/Divulgação
Cruzeiro cogitou romper contrato e criar marca própria, mas seguirá negociando com a Adidas, que permanece na camisa Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

09/01/2020 14h45

Em meio ao cenário turbulento desta quinta-feira (9), membros da atual administração do Cruzeiro sentaram na mesa para uma nova reunião com a Adidas. O encontro com a fornecedora esportiva terminou sem mudanças no contrato entre as partes. Contudo, a possibilidade de rompimento foi afastada pelo menos por enquanto, e a marca alemã deverá continuar estampando as camisas do clube.

O Cruzeiro considerou que o encontro foi positivo, mas alega que ainda há pontos importantes para serem tratados. Os gestores celestes tentam refazer o vínculo com a marca, válido até 2022, para ter um contrato mais vantajoso para a instituição. Agora, os diretores farão novos encontros internos antes de voltarem a sentar com a fornecedora mais uma vez.

Desde o ano passado, o patrocínio da Adidas é questionado dentro do Cruzeiro. O clube mineiro questiona os moldes do contrato, feito pela antiga gestão. Nele, o clube não receberá valor fixo da marca (ao contrário da antecessora, Umbro), somente um percentual de 24% pela venda das camisas aos lojistas (no valor de R$120) e de 7% em relação à vestimenta comercializada pelos lojistas aos clientes (249,99). Lançada no aniversário do clube, dia 2 de janeiro, a camisa obteve ótimos números de venda, o aumentou o otimismo e diminuiu a intenção celeste por um rompimento imediato e criação de uma nova marca.

Veja o comunicado do Cruzeiro sobre a reunião com a Adidas:

No fim da manhã desta quinta-feira, 9 de janeiro, uma outra importante reunião aconteceu na Sede Administrativa, entre integrantes do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro Esporte Clube e representantes da Adidas. O objetivo foi discutir com a fornecedora de material esportivo questões relacionadas ao contrato firmado em 2019.

O encontro foi avaliado como bastante proveitoso por ambas as partes. A intenção é encontrar formas de tornar o acordo mais atrativo e rentável para o Cruzeiro. E a fornecedora planeja lançar uma camisa especial, para incentivar ainda mais o torcedor a adquirir e ajudar o Clube neste período de reconstrução.

Na próxima semana haverá uma nova reunião entre a empresa e os gestores do Cruzeiro, que seguem se empenhando no trabalho de reestruturação do Clube.

Cruzeiro