PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras mantém planos de renovar elenco e quer negociar ao menos mais 5

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

28/12/2019 04h00

O Palmeiras mantém os planos de continuar reformulando o seu elenco. O clube já efetivou a saída de quatro atletas e ainda quer negociar pelo menos mais cinco que estiveram no time em 2019 e, nos planos ideais, não estarão na próxima temporada.

Os primeiros a terem as saídas confirmadas foram Fernando Prass, Edu Dracena, Antônio Carlos e Thiago Santos. Só com esses quatro, a economia na folha salarial chega perto do R$ 1 milhão por mês.

A quinta saída que deve ser confirmada em breve será a de Artur. O Palmeiras já topou a proposta do Red Bull Bragantino e arrecadará mais de R$ 20 milhões com a negociação. O caso do atacante, no entanto, foi considerado uma surpresa e não estava nos planos da diretoria. O negócio só aconteceu porque a oferta foi considera muito boa.

A lista dos que vão sair ainda precisa aumentar para que os planos palmeirenses sejam cumpridos. O primeiro deles é Miguel Borja. O atacante tem proposta do Junior Barranquilla e já manifestou interesse em atuar na Colômbia. O Alviverde ainda tenta se proteger melhor na negociação do atleta mais caro de sua história.

Hyoran é outro que deve deixar a Academia de Futebol. Ele renovou o seu contrato recentemente justamente para poder ser emprestado. Há mais de um interessado e seu destino ainda é incerto.

A lista ainda tem atletas com as situações menos claras que as dos dois citados acima. Deyverson, Carlos Eduardo, Jean e Victor Luís são exemplos de atletas que não encontrarão dificuldades para sair, caso boas propostas sejam apresentadas. Raphael Veiga estava nesta relação, mas ele ficará a pedido de Vanderlei Luxemburgo.

Ainda há casos de atletas como Bruno Henrique, Lucas Lima e Felipe Melo. Os três não estão em uma lista de saídas, mas uma proposta poderia fazer o Alviverde considerar as vendas.

Palmeiras