PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras deixa Luxa alterar lista de saídas de Mano e sobe mais um da base

Alan Guimarães, o Alanzinho, será promovido aos profissionais do Palmeiras - Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação
Alan Guimarães, o Alanzinho, será promovido aos profissionais do Palmeiras Imagem: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

20/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Palmeiras decidiu promover mais um nome da base: Alan Guimarães estará com o elenco profissional em 2020
  • O clube pode ter até 10 atletas que são oriundos de suas categorias de base na próxima temporada
  • O Palmeiras autorizou que Vanderlei Luxemburgo alterasse a lista de dispensas feita por Mano Menezes e Mattos
  • O comandante tem reuniões diárias com a diretoria para definir os rumos do Alviverde na próxima temporada

O Palmeiras decidiu promover mais um jogador de suas categorias de base. Alan Guimarães, meia que tem 19 anos e passagens pela seleção brasileira sub-20, estará com os profissionais no início da próxima temporada.

Também conhecido como Alanzinho, ele já esteve na mira de grandes equipes como Real Madrid e Barcelona e teve seu contrato renovado recentemente até 2023, com direito a uma multa de 50 milhões de euros, o que significa mais de R$ 225 milhões na cotação atual.

Se todas as promessas forem mantidas, as categorias de base podem ter até dez representantes entre os profissionais em 2020. Além dele, subirão o lateral esquerdo Lucas Esteves, os volantes Gabriel Menino e Patrick de Paula e os atacantes Veron e Angulo. Além disso, Vinicius Silvestre, goleiro, Pedrão, zagueiro, Artur, atacante, voltam de empréstimos e estarão no time.

A lista fica completa com Victor Luís, lateral esquerdo. Sua situação, no entanto, ainda é incerta. Ele estava na lista elaborada por Mano Menezes e Alexandre Mattos dos que poderiam ser negociados, mas poderá ficar caso Vanderlei Luxemburgo decida.

O treinador tem sido consultado nos últimos dias e recebeu a autorização de alterar parte do planejamento feito pelo seu antecessor para a próxima temporada. Se Luxa quiser ficar com algum atleta que estava de saída, o treinador será ouvido.

A condição para isso é que a proposta não seja considerada muito boa, uma vez que o Alviverde também precisa de vendas para diminuir o déficit e até para aumentar o poder de compra para 2020.

A princípio, boa parte dos nomes que foram colocados na berlinda por Mano Menezes continuam no mercado. Borja negocia a saída para o Olímpia, Antônio Carlos já foi emprestado para o Orlando City, e Deyverson será negociado assim que vier de fora a primeira proposta satisfatória —a expectativa fica pelo mercado chinês.

Thiago Santos (vendido FC Dallas), Fernando Prass (fim de contrato) e Edu Dracena (aposentado) também tiveram suas saídas confirmadas. Carlos Eduardo, Hyoran e Raphael Veiga completam a lista dos que tiveram seus nomes colocados à disposição para eventuais negócios.

Palmeiras