PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Mauro Cezar Pereira: "Vasco precisava de alguém com outra visão de futebol"

Do UOL

Em São Paulo

20/12/2019 12h00

Depois de perder o técnico Vanderlei Luxemburgo, que deixou o clube na última sexta-feira e foi anunciado pelo Palmeiras no domingo, o Vasco contratou Abel Braga para comandar o clube na próxima temporada e sua chegada já foi marcada por declarações que chamaram a atenção para problemas do clube carioca.

Durante o segundo bloco do Posse de Bola #12 "Ao contrário de 2005 e 2012, o Liverpool é o melhor time", Mauro Cezar Pereira analisou a contratação e as declarações de Abel, a quem considera que manterá o clube no "mais do mesmo" da última temporada.

"É um técnico contratado em baixa, como há muito tempo não ficava. Isso é fruto de trabalhos fracos que ele realizou e com um discurso que evidencia propostas de jogo muito antiquadas, como vimos no Flamengo e no próprio Cruzeiro. Então, o Vasco vai continuar mais do mesmo, porque o estilo do Luxemburgo tem muito a ver com o que o Abel pensa de futebol. Vai seguir mais ou menos naquela toada: mediano", analisou Mauro.

"É muito pouco, o Vasco precisava de uma chacoalhada, alguém com outra visão de futebol, mas o Vasco também não tem dinheiro. E parece que o próprio Abel sabe disso e não está incomodado com essa questão, até acha positivo o fato de o presidente Alexandre Campello dizer que não vai conseguir pagar em dia, que vai ser muito difícil e tudo mais", completou.

Além da saída do Flamengo, antes da chegada de Jorge Jesus para a arrancada do clube aos títulos da Libertadores do Brasileirão, Mauro também lembrou que Abel Braga teve participação importante na campanha que levou o Cruzeiro ao primeiro rebaixamento de sua história.

Gian Oddi também lamentou as declarações dadas pelo novo treinador do Vasco em sua primeira entrevista coletiva, chamando a atenção para a previsão de atrasos nos pagamentos.

"A hora que o cara fala 'eu estou aqui mesmo sabendo que o clube não vai pagar, o clube já me disse que não vai pagar em dia. Isso é de um prejuízo tão grande para o clube, para a imagem do clube. Você está na apresentação do técnico detonando a imagem do clube. Um clube que acabou de fazer um baita esforço com o negócio do plano de sócio-torcedor na aquisição de tantos torcedores mostrando, mostrando o poder que o Vasco tem, a quantidade de torcedores quanta gente ele mobiliza. Você faz um baita trabalho nesse sentido para chegar um treinador e na sua primeira entrevista coletiva, o comandante para a próxima temporada escancarar que o clube não vai pagar, 'mas tudo bem, eu estou aqui porque eu gosto do Vasco, porque eu comecei aqui', eu acho muito feio", comentou Oddi.

Posse de Bola terá edição após Mundial

A primeira temporada do Posse de Bola ainda terá mais um episódio na segunda-feira, 23, às 9h, para analisar a final entre Flamengo e Liverpool no Mundial de Clubes. Depois, o podcast volta para a sua segunda temporada no dia 6 de janeiro, gravado sempre nas segundas-feiras às 9h.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol