PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos trabalha com três nomes estrangeiros para vaga de Sampaoli

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

11/12/2019 23h46

O Santos trabalha com três opções estrangeiras no Mercado da Bola para ocupar o cargo de treinador deixado por Jorge Sampaoli: Ariel Holan, Sebastián Beccacece e Miguel Ángel Ramírez. A cúpula santista definiu os nomes na reunião do Comitê de Gestão de hoje e quer fechar antes das festas de final de ano.

A primeira ideia era manter o auxiliar Jorge Desio, mas o argentino deve mesmo seguir o amigo Jorge Sampaoli e deixar o Peixe. O presidente José Carlos Peres deve iniciar contatos nos próximos dias, mas não descarta que outro nome surja em meio às negociações, como ocorreu na ocasião do acerto com Sampaoli, quando Holan estava encaminhado com o clube.

Dos três, apenas Ramírez está empregado. Ele dirige o Independente Del Valle, do Equador, campeão da Copa Sul-Americana deste ano. O UOL Esporte entrou em contato com membros da diretoria do clube equatoriano que afirmaram que ainda não receberam nenhum contato santista.

Ariel Holan e Sebastián Beccacece estão desempregados. Holan quase acertou com o Santos antes da chegada de Jorge Sampaoli, quando ainda dirigia o Independiente (ARG). Seu empresário afirmou ao UOL Esporte que ainda não recebeu contato, mas que o acerto frustrado do ano passado não inviabiliza novas conversas.

Já Beccacece teve uma passagem bastante frustrada pelo mesmo Independiente (ARG), onde não deixou saudades, mas fez grandes trabalhos no Defensa y Justicia (ARG), chegando ao vice-campeonato da Superliga argentina. Ele tem Jorge Sampaoli como mentor e foi auxiliar do ex-técnico do Santos.

O Peixe vai conversar com os três e analisar quem mais agrada dentro da proposta e realidade do clube. Ainda assim, há certa esperança de que surja um nome ainda melhor nesse intervalo.

Santos