Topo

UOL Esporte vê TV


Cristiane diz que merecia ser Bola de Ouro em 2008: "Balde de água fria"

Cristiane comemora gol da seleção brasileira sobre a Austrália  - Elsa/Getty Images
Cristiane comemora gol da seleção brasileira sobre a Austrália Imagem: Elsa/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo.

30/11/2019 22h42

A atacante Cristiane, do São Paulo, foi a convidada do Bola da Vez, da ESPN Brasil, que foi ao ar hoje (30). No programa, a jogadora falou sobre uma grande frustração de sua carreira: o fato de não ter sido eleita a melhor jogadora do Mundo em 2008. Na ocasião, ela ficou em terceiro lugar, atrás de Marta, que levou o prêmio, e da alemã Prinz.

"Eu acho que 2008, eu tenho para mim, sem soberba, foi o único ano que eu deveria ter ganhado uma Bola de Ouro. Para mim foi um balde de água fria. Foi quando dei uma desanimada com o prêmio de melhor do mundo. A Alemanha não tinha ido bem naquela Olimpíada e eu tinha sido a artilheira. E eu pensei 'bom, vão puxar por esse lado'. Porque você nunca sabe o lado que puxam numa votação", declarou.

A atacante também falou sobre a temporada no São Paulo e sobre a estrutura do clube paulista. Cristiane acredita que o clube precisa investir muito e usar o bom exemplo do Corinthians para brigar por títulos nas próximas temporadas.

"O São Paulo ano foi um primeiro ano montado para jogar a Série A2 do Brasileiro e conseguiu conquistar o acesso para disputar a primeira divisão no ano que vem, e também conseguiu brigar com alguns grandes, como no Campeonato Paulista. Algumas vezes que eu tive conversas com o próprio Rai [Diretor Executivo], eu disse: 'Olha, esse ano a gente entende que foi um primeiro ano, com dificuldades que vocês montaram às pressas, mas se você quiser dar continuidade para o ano seguinte, vocês precisam melhorar o que é oferecido para a gente dentro do clube para a gente poder trabalhar', porque está muito aquém", declarou.

UOL Esporte vê TV