Topo

Maicon diz que grupo do Grêmio torce para permanência de Tardelli: "Craque"

Diego Tardelli, atacante do Grêmio, recebe apoio de companheiros de clube - Divulgação/Site oficial do Grêmio
Diego Tardelli, atacante do Grêmio, recebe apoio de companheiros de clube Imagem: Divulgação/Site oficial do Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

29/11/2019 14h14

Na condição de capitão do time do Grêmio, o volante Maicon falou que os jogadores torcem pela permanência de Diego Tardelli. Após um investimento alto e uma temporada irregular, o jogador pode deixar o clube ao fim da temporada, mas não se depender do grupo.

"Quanto a ele ficar ou não é uma questão dele com a diretoria, nós não interferimos. O Tardelli é trabalhador, parceiro, um craque, mas ficar ou não é entre eles. A gente torce para que ele fique porque sabemos da qualidade dele, conhecemos ele há muito tempo, tudo que já fez. Mas isso fica para ele decidir nas férias, refletir, e depois ver", comentou o marcador.

O atacante está fora da partida deste domingo, contra o São Paulo, na Arena, porque foi expulso no jogo contra o Athletico. Pela atitude, definida por Renato Gaúcho como "infantil", ele recebeu uma multa.

"Ele sabe que errou, o professor Renato contou para vocês (imprensa) que ele pediu desculpas. Eu estava lá e vi isso. Ele é maduro e experiente. Mas todo mundo já errou e não foi isso que fez com que a gente perdesse o jogo, não foi por causa dele. Ele é um cara que já sabe que aconteceu, pediu desculpas, vai procurar fazer o melhor para nos ajudar a partir de agora", explicou.

Maicon volta ao time do Grêmio no jogo que pode valer vaga direta à fase de grupos da Libertadores. Basta vencer o São Paulo, domingo, às 19h (de Brasília), em Porto Alegre.

Grêmio