Topo

Torcida do Inter protesta após derrota para o Goiás: "Time sem vergonha"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/11/2019 22h06

O clima de tensão tomou conta do entorno do Beira-Rio após a derrota do Inter por 2 a 1 contra o Goiás, hoje (27), pela 35ª rodada do Brasileiro. Com cânticos, os torcedores cobraram muito o time e a direção.

"Time sem vergonha", era a música mais cantada pelos aficionados do lado de fora. Antes mesmo da saída do público, a Brigada Militar já preparou um esquema especial, isolando a entrada da área VIP e o espaço por onde passam os jogadores.

Não houve foco de vandalismo. Apenas xingamentos, que atingiram jogadores como Patrick, Uendel, D'Alessandro e Bruno Silva, e o vice de futebol Roberto Melo.

Além dos profissionais da Brigada, seguranças também tentavam conter os mais irritados. Não foi necessária ação mais forte. Eram aproximadamente 150 pessoas, que aos poucos tomaram seus rumos.

A manifestação, porém, continuou no estacionamento. À espera dos jogadores, os torcedores seguiram protestando bastante e xingando alguns atletas.

Com a derrota, o Inter vê a vaga na próxima Libertadores ameaçada. Apenas dois pontos separam o Colorado do Goiás, que disputará até o último momento a chance de participar da competição continental em 2020.

Internacional