PUBLICIDADE
Topo

Fla sobe em trio elétrico e é "abraçado" por mar de rubro-negros no Rio

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/11/2019 12h40

Depois de ser escoltado pela Polícia Militar desde a saída do aeroporto do Galeão, o Flamengo chegou por volta das 12h30 à região da igreja da Candelária, no Centro do Rio de Janeiro, para um desfile em carro aberto pela avenida Presidente Vargas. Jogadores e dirigentes já estão em cima do trio elétrico e um mar de rubro-negros tomou conta do local, lotado para a festa pelo título da Copa Libertadores da América.

O trajeto será de cerca de dois quilômetros e vai terminar no monumento a Zumbi dos Palmares, que fica próximo ao Sambódromo. Um corredor era aberto lentamente por seguranças que escoltaram o trio elétrico.

A festa foi basicamente comandada pelo atacante Gabigol, autor de dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate, em Lima. O camisa 9 assumiu o microfone, puxou algumas vezes o grito 'em dezembro de 1981' e chegou até a dar uma "bronca" no DJ, pedindo para a trilha sonora ser funk.

Gabriel ainda puxou gritos para os companheiros, devidamente acompanhados pelos torcedores. Everton Ribeiro, o capitão da decisão, balançou um grande bandeirão com as cores do clube.

O Mister Jorge Jesus entrou na farra, arriscou passinhos com e cantou com Rodinei. Confira:

A maioria dos torcedores tem optado pelo metrô para chegar ao evento, já que a avenida Presidente Vargas - rota do trio elétrico - estará fechada. A estação da Uruguaiana é a mais próxima. O veículo flamenguista está personalizado com símbolos do clube e a hastag adotada para comemorar o título: #JogamosJuntos.

Grupo é preso por roubo de celulares

A Polícia Miltar, em conjunto com a operação "Centro Presente", efetuou a prisão de um grupo de meliantes que estava roubando celulares na festa da torcida do Flamengo no Centro do Rio de Janeiro.

Os torcedores chegaram a tentar linchar a quadrilha, mas os policiais evitaram que isto acontecesse.

Flamengo