Topo

Futebol


Corinthians avança para ter Sidcley, e Tiago Nunes quer aproveitar Araos

Lateral Sidcley, ex-Corinthians e Atlético-PR, em ação pelo Dínamo de Kiev, onde tem contrato até 2022 - Dínamo de Kiev/Divulgação
Lateral Sidcley, ex-Corinthians e Atlético-PR, em ação pelo Dínamo de Kiev, onde tem contrato até 2022 Imagem: Dínamo de Kiev/Divulgação

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Corinthians está decidido que Sidcley é a 1ª opção para a lateral-esquerda
  • Inicialmente, a ideia é contratar o lateral do Dínamo de Kiev por empréstimo
  • Araos voltará da Ponte Preta e será testado por Tiago Nunes em 2020
  • Corinthians acompanha de perto o desempenho do chileno na Ponte

Oitavo colocado no Campeonato Brasileiro e brigando por uma vaga na Copa Libertadores de 2020, o Corinthians já trabalha visando o próximo ano. Diretoria e Tiago Nunes, novo técnico que assume o time em janeiro, conversam diariamente visando o planejamento. Segundo apurou o UOL Esporte, dois nomes conhecidos da torcida corintiana fazem parte dos planos: Sidcley, 26 anos, e o chileno Ângelo Araos, de 22 anos.

O clube paulista iniciou conversas para tentar o retorno de Sidcley, que teve passagem rápida e positiva pelo clube em 2018. O lateral está no Dínamo de Kiev, da Ucrânia, onde tem contrato até o fim de 2022. Inicialmente, a ideia é trazer o jogador por empréstimo. O problema é que a diretoria corintiana apurou que um clube português tem interesse no lateral.

O caso de Araos é mais fácil. O meio-campista chileno está emprestado à Ponte Preta até o fim deste ano. O Corinthians promete negociar a maioria dos atletas que retornam de empréstimos em janeiro, mas não será o caso do chileno Ângelo Araos.

Isso porque Tiago Nunes quer testar o meia na próxima temporada. Além dele, diretoria e comissão técnica estão acompanhando de perto o desempenho de Araos na Ponte. O chileno atuou oito partidas com a camisa da Macaca, sendo seis como titular.

Segundo estatísticas do Footstats, o chileno finalizou a gol dez vezes, mas não marcou nenhum gol. O chileno também foi responsável por seis assistências para finalizações, porém nenhuma resultou em gol. Araos vai bem em um de suas principais virtudes: o passe. Foram 173, com 83,8% certos.

O Corinthians espera se reforçar com até quatro "medalhões" para 2020. O objetivo da diretoria é fazer contratações pontuais, com atletas que cheguem com status de titular. A prioridade é trazer um zagueiro, lateral-esquerdo, meia centralizado e atacante de lado. Um volante também é cogitado.

Para 2020, o Corinthians deve contratar poucas "promessas", diferente do que fez nos últimos anos. O atacante Davó, do Guarani, deve ser uma das poucas apostas do clube paulista para a próxima temporada.

Futebol