Topo

Futebol


Casal botafoguense troca horário de casamento por conta de final do Fla

Casal botafoguense precisou adiar horário do casamento por conta da final entre Flamengo e River Plate - Arquivo Pessoal
Casal botafoguense precisou adiar horário do casamento por conta da final entre Flamengo e River Plate Imagem: Arquivo Pessoal

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Há exatos dois anos, casal botafoguense Leticia e Heitor marcaram o casamento para este sábado, dia 23 de novembro, data da final da Libertadores
  • Com a possibilidade cada vez mais próxima do Flamengo chegar à final, um padrinho do casal informou que não poderia ir caso o horário fosse mantido
  • Letícia e Heitor, então, resolveram adiar o horário inicial - que aconteceria durante a final da Libertadores - para às 20h, uma hora após o término
  • Letícia e Heitor estão juntos há 13 anos e irão casar em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro

Imagine você planejar ao longo de dois anos o seu sonhado casamento e, de última hora, ter que trocar o horário da cerimônia por conta de "forças maiores" mesmo que não esteja diretamente envolvido? Esta foi a situação vivida pelo casal botafoguense Letícia e Heitor, que neste sábado (23) trocará alianças, mas que por conta da final da Libertadores entre o rival Flamengo e o River Plate (ARG), decidiram por adiar um pouco o casório.

O receio dos noivos era o de que o casamento ficasse "desfalcado", já que inicialmente ele estava marcado para pouco depois do início de decisão, que acontecerá às 17h (horário de Brasília).

"Fechamos o contrato em agosto de 2017 e definimos dia 23 de novembro como a data. Não pensei que teria essa final única, afinal de contas, nos outros anos sempre foi em dois jogos. Aí nas quartas já comecei a torcer contra o Flamengo. Mas não teve jeito, quando acabou o jogo contra o Grêmio (semifinal), viramos um para o outro e falamos: 'vamos ter de ver algo, porque a final vai ser no dia do casamento, vai complicar'", disse Heitor ao UOL Esporte.

O receio se tornou tão grande que um dos padrinhos flamenguistas, por exemplo, informou que se o casamento continuasse marcado para o mesmo horário ele não poderia comparecer.

"A maioria dos nossos parentes e amigos são flamenguistas. Entre os padrinhos, teve um que falou: 'não vou poder ir' (risos)", revelou Heitor.

Os noivos, então, conseguiram reagendar o casamento para às 20h. Inicialmente, uma hora depois do término da partida. Isso se a decisão não for para os pênaltis.

"O meu casamento será próximo ao shopping de Bangu, então eu falei para eles: 'se arrumem, assistam ao jogo no shopping e depois corram para o salão'. Vai ter uma hora para comemorar. Isso se não for para os pênaltis (risos)", brinca o noivo.

Numa demonstração de união entre o amor ao Flamengo e o carinho pelos noivos, os convidados rubro-negros já combinaram uma "surpresa":

"Eles irão com a camisa do Flamengo por baixo. Quando começar a festa, vão tirar a blusa social e ficarão com a blusa do Flamengo (risos)".

Leticia Alves, de 27 anos, e Heitor Ribeiro, de 28, estão juntos há 13 anos.

Futebol