Topo

Futebol


Por que Inter ficou satisfeito com empate sem gols diante do Corinthians

Do UOL, em Porto Alegre

18/11/2019 04h00

O Internacional entende que poderia ter vencido o Corinthians, mas definiu o empate sem gols como um placar que não é desprezível. A explicação para essa leitura vem da tabela de jogos do time gaúcho até o final do Campeonato Brasileiro. Três dos últimos cinco duelos serão em Porto Alegre. E, entre eles, está o confronto direto com o São Paulo.

Dono de 50 pontos, o Inter segue empatado com o Corinthians e leva vantagem no número de vitórias (14 contra 12). O empate em Itaquera segurou o time de Dyego Coelho, rival por vaga à Libertadores. Ou seja, mais um motivo para o placar fechado gerar satisfação.

A ideia do Internacional, depois da Copa do Brasil, era chegar ao G4. Engolido por uma espiral de problemas, desde o psicológico abalado até erros individuais e coletivos, o time chegou a ser oitavo. Em meio às buscas por um novo treinador, a equipe deu sinais pontuais de reação. Nenhum deles capaz de alterar a ordem suprema até dezembro. Pontuar.

"Entendo que jogar bem vai nos aproximar do resultado, mas para aquilo que eu fui contratado e para aquilo que a direção espera de mim, temos que ser eficientes. Eficiência está ligada a resultado", disse Zé Ricardo, treinador do Internacional.

Na próxima rodada, o Inter recebe o Fortaleza. Depois, encara o Goiás outra vez no Beira-Rio e na sequência visita o Botafogo. Após a partida no Rio de Janeiro, duelo com o São Paulo no Morumbi antes de retornar a Porto Alegre e encerrar o ano em partida com o Atlético-MG.

A sequência do Corinthians no mesmo período envolve jogos com Botafogo, Avaí, Atlético-MG, Ceará e Fluminense. O São Paulo, outro concorrente, mede forças com Ceará, Vasco, Grêmio e CSA.

Futebol