Topo

Muralha completa 30 anos em alta: "um dos grandes momentos da carreira"

Alex Muralha comemora pênalti defendido contra o Figueirense - Divulgação/Coritiba Foot Ball Clube
Alex Muralha comemora pênalti defendido contra o Figueirense Imagem: Divulgação/Coritiba Foot Ball Clube

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

12/11/2019 11h26

Resumo da notícia

  • Muralha foi o grande destaque do Coritiba no jogo de sexta, contra o Figueirense
  • Goleiro defendeu um pênalti e fez duas grandes defesas no empate por 1 a 1
  • Alex Muralha completou 30 anos no último domingo e comemorou com familiares
  • Coritiba volta a campo na noite de hoje, em jogo contra o Brasil, em Pelotas
  • Time paranaense é o quarto colocado da Série B e briga pelo acesso à elite

Na última sexta-feira (8), Alex Muralha teve no Orlando Scarpelli, sua antiga 'casa', uma das grandes atuações de sua carreira. O goleiro do Coritiba defendeu um pênalti - ainda no primeiro tempo, quando o jogo estava 0 a 0 - e fez pelo menos duas defesas difíceis para segurar o empate por 1 a 1 contra o Figueirense, seu ex-clube, em jogo da 34ª rodada da Série B. A vitória não veio, mas o empate manteve o time paranaense no caminho certo rumo à primeira divisão.

O resultado deixou o Coritiba na quarta colocação, com 54 pontos, mas com um jogo a menos que o terceiro colocado América-MG, que já inaugurou a 35ª rodada em jogo disputado ontem (11), na Arena Pantanal: 2 a 0 contra o Cuiabá.

Muralha completou na sexta sua 24ª partida pelo clube paranaense nesta Série B, sendo a 23ª como titular, com uma média inferior a um gol sofrido por jogo (0,9). Fora isso, ele saiu de campo sem ser vazado em nove jogos, quase um terço das vezes em que defendeu o Coritiba.

O bom momento com a camisa do Coxa vem de encontro com mais um aniversário do arqueiro, que completou 30 anos no último domingo. A comemoração foi simples: a companhia da esposa, do filho e de familiares e o carinho através das redes sociais de atletas com quem atuou na carreira e torcedores dos vários clubes por onde passou, em especial, Coritiba, Comercial-SP, Figueirense e Flamengo.

"Chego aos 30 anos em um dos meus grandes momentos da carreira. Consegui resgatar a confiança aqui no Coritiba e estou muito feliz com essa fase. Divido sempre os méritos com meus companheiros de time e comissão técnica", disse o camisa 23, que deixou claro: o maior presente será conseguir o acesso para a elite do futebol nacional. Hoje, o Coritiba é o quarto colocado da Série B e depende só de suas forças para retornar à Série A.

"Tive um dia maravilhoso ao lado da minha esposa, do meu filho. Recebi mensagens e o carinho de torcedores dos clubes por onde passei. Mas com certeza o maior presente será conseguir o acesso para a série A. Estamos muito focados nisso", completou.

O Coritiba volta a campo na noite de hoje (12), às 19h15 (de Brasília), novamente fora de casa, contra o Brasil, em Pelotas. Na sequência, a equipe faz dois confrontos em casa: sábado, dia 16, diante do Oeste, e sexta, dia 22, contra o líder Bragantino, ambos no Couto Pereira. A última rodada acontece no sábado, dia 30, quando o Coxa visita o Vitória em Salvador.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi publicado, o jogo entre Figueirense e Coritiba terminou com o placar de 1 a 1, e não 0 a 0. O erro foi corrigido.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Coritiba