Topo

Flamengo se divide entre título antecipado e poupar pra Libertadores

Técnico Jorge Jesus e auxiliar João de Deus conversam durante treino do Flamengo - Alexandre Vidal / Flamengo
Técnico Jorge Jesus e auxiliar João de Deus conversam durante treino do Flamengo Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

12/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Flamengo está perto de assegurar matematicamente o título do Brasileiro e tem final da Libertadores dia 23
  • Time rubro-negro terá duas partidas pela competição nacional antes da decisão
  • Vitória sobre o Vasco deixa título mais perto e pode fazer com que comissão técnica mude estratégia para encarar o River Plate
  • Até aqui, o técnico Jorge Jesus sempre utilizou a força máxima que tinha à disposição

Em meio à contagem regressiva para confirmar o título do Campeonato Brasileiro e uma final da Copa Libertadores que se aproxima, o Flamengo divide as atenções para que possa ter sucesso dobrado. Uma vitória no clássico com o Vasco, amanhã (13) - jogo antecipado pela 34ª rodada justamente por conta da decisão do torneio continental -, pode ajudar no planejamento visando a decisão diante do River Plate, da Argentina.

O time comandado por Jorge Jesus pode se sagrar campeão do Brasileiro no próximo fim de semana. Para que isso aconteça, é necessário que a equipe rubro-negra vença o Vasco e o Grêmio, no domingo, e o Palmeiras não derrote o Bahia, na Arena Fonte Nova. Nessa combinação, o Flamengo iria a 83 pontos e o Verdão poderia chegar a apenas 68, abrindo 15 pontos de diferença, tendo mais 15 em disputa. A equipe de Mano Menezes poderia, no máximo, igualar a pontuação, mas perderia em número de vitórias.

Após o duelo com o rival cruz-maltino, diretoria e comissão técnica farão avaliações para o compromisso contra o Grêmio. João de Deus, auxiliar que esteve à beira do gramado no duelo com o Bahia por conta da suspensão de Jesus, não escondeu que o fato de o jogo com o Tricolor gaúcho ser no domingo causa preocupação quanto a desgaste físico para a decisão em Lima, no Peru.

A previsão é que a delegação do Fla embarque dia 19 para a capital peruana, onde vai realizar atividades no centro de treinamento utilizado pela seleção peruana.

"Gostaria de deixar uma nota para reflexão e que tem a ver com a final que teremos no Peru. O River Plate joga o último jogo antes da final no dia 14, às 21h. O Flamengo joga dia 17 contra o Grêmio, quando solicitou que fosse dia 16. O adversário terá nove dias para se recuperar e nós teremos apenas seis", disse, depois do triunfo sobre o Tricolor baiano.

Desta forma, não está descartada uma mudança na estratégia que, até aqui, sempre foi adotada por Jorge Jesus: usar sempre a força máxima à disposição. Neste período em que está à frente do time do Flamengo, foram raras as exceções em que o treinador não optou pelos titulares - contra o São Paulo, por exemplo, Rafinha, Filipe Luis e Gerson começaram no banco, mas entraram no segundo tempo.

O elenco rubro-negro voltou aos treinamentos ontem (11) e, de acordo com a programação divulgada, só terá um dia de folga nesta semana antes do duelo com o Grêmio. O descanso do grupo será na quinta-feira, no dia seguinte ao confronto com o Vasco.

Flamengo