Topo

Trio de ataque deslancha em série invicta e aproxima Santos da Libertadores

Do UOL, em São Paulo

10/11/2019 04h00

O trio de ataque formado por Marinho, Sasha e Soteldo encontrou um entrosamento que rendeu bons resultados ao Santos: Foram nove gols e cinco assistências que trouxeram uma sequência de quatro jogos vitoriosos dentro e fora de casa.

Esse desempenho confirmou o time no pelotão de frente da tabela do Campeonato Brasileiro, deixando a equipe muito próxima da tão sonhada vaga na Libertadores 2020.

Com 64 pontos em 32 rodadas, o time da Vila precisa, em tese, de apenas mais quatro pontos para se garantir no G-6 sem depender da derrota dos outros clubes que seguem na disputa. Com 18 pontos que ainda serão disputados, a comissão técnica projeta que mais oito são necessários para cravar o G-4 e ir direto para a fase de grupos do campeonato continental.

A campanha do Santos apresenta um aproveitamento de 66% nos jogos já disputados, ou seja, os números são favoráveis para a equipe comandada por Jorge Sampaoli, visto que menos de 50% de aproveitamento são necessários para a classificação na Libertadores da América.

Num momento em que o Grêmio chega com força ao quarto lugar e os rivais paulistas Corinthians e São Paulo ainda brigam para permanecer no G-6 e tentar uma chance na pré-Libertadores, o Peixe consegue respirar consegue respirar fora d'água com o bom desempenho dos jogadores na linha de frente.

Ainda falando em números, os do trio atacante impressionam: Soteldo marcou dois gols na vitória em cima do Botafogo e mais dois contra o Goiás, além de uma assistência. Marinho também marcou contra o Esmeraldino e o Bota, e ainda balançou as redes do Avaí e deu duas assistências. Completando o desempenho, Sasha aparece com mais duas assistências e um gol contra o Leão da Ilha.

Tanto os jogadores quanto o técnico argentino se mostram satisfeitos diante da ótima performance que a equipe teve nas últimas rodadas. "Estou contente com o rendimento dos jogadores", afirmou Sampaoli. Após marcar contra o Goiás na vitória por 3 a 0 no sábado (9), Marinho falou sobre a confiança que o bom entrosamento com Sasha e Soteldo gera: "Se o coletivo está muito bem, o individual também aparece, é natural".

O Santos ainda tem alguns desafios até o fim do Brasileirão. Na próxima rodada enfrentará o São Paulo, que está firme na briga pelo G-6, e encerrará a temporada contra o Flamengo, primeiro colocado com 74 pontos, mas a matemática para entrar na maior disputa da Conmebol é favorável.

Santos