Topo

Marinho quer permanência de Sampaoli no Santos; técnico não fala em futuro

Do UOL, em São Paulo

09/11/2019 20h15Atualizada em 09/11/2019 22h01

Após a vitória de 3 a 0 do Santos sobre o Goiás na tarde deste sábado (9), o atacante Marinho, autor de um dos gols, ressaltou a vontade dos jogadores para que Jorge Sampaoli siga no comando da equipe na próxima temporada: "A gente sempre quer que ele fique. Pelo trabalho que vem fazendo, pela filosofia. Mas isso cabe à diretoria e ao próprio Sampaoli", disse.

No entanto, o único futuro comentado pelo técnico argentino foi sobre a próxima rodada do Campeonato Brasileiro, em que haverá o clássico contra o São Paulo: "Vamos nos preparar da melhor maneira para jogar contra um grande rival. Os níveis de concentração vão estar muito altos nesse jogo".

Confiante com a vitória, Sampaoli destacou o grande jogo feito por Soteldo: "Além de ter feito o primeiro gol, gerou as jogadas do segundo e terceiro. Foi uma tarde incrível de um jogador que está crescendo muito no Santos. Estou contente com o rendimento dos jogadores".

Sobre o jogo, Marinho declarou que já esperava uma dificuldade por jogar fora de casa e pelo clima quente. A partida teve duas paradas técnicas para que os atletas pudessem se hidratar. Ao falar da dupla com Soteldo no ataque, o jogador comentou sobre o entrosamento que vem dando certo nos últimos jogos: "Quando a equipe joga bem, o individual consegue se destacar".

O próximo jogo do Peixe acontecerá sábado, 16 de novembro na Vila Belmiro, onde receberá o São Paulo para o clássico San-São, a partir das 17h.

Santos