Topo

Renato e Grêmio voltam a falar de renovação e acerto fica mais perto

Treinador está no Grêmio desde setembro de 2016 e tem contrato até o final do ano - Leo Caobelli/UOL
Treinador está no Grêmio desde setembro de 2016 e tem contrato até o final do ano Imagem: Leo Caobelli/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

07/11/2019 12h01

Renato Gaúcho e Grêmio voltaram a falar sobre a renovação para 2020. Depois de congelar as conversas em consequência da eliminação para o Flamengo, na semifinal da Libertadores, clube e treinador retomaram o diálogo sobre a permanência. O estágio atual é considerado inicial, mas com mensagem clara de que ambos os lados desejam o acerto.

No Grêmio desde setembro de 2016, Renato tem contrato até dezembro.

As conversas estão centralizadas em Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, e no próprio Renato. Somente mais adiante serão incluídos outros nomes, como Carlos Amodeo, CEO do clube gaúcho, e Gerson Oldenburg, agente do treinador. Eles são importantes para ajustar termos financeiros do novo vínculo.

O plano do Grêmio é definir a situação ainda em novembro, antes mesmo do final do Campeonato Brasileiro. Essa ideia ganha força depois das recentes conversas com Renato sobre o desejo de ficar em Porto Alegre.

As conversas, até agora, não renderam data para uma reunião formal entre as partes, contudo existe previsão de que ocorra encontro na próxima semana.

Renato Gaúcho renovou com o Grêmio no final do ano passado, mesmo com assédio do Flamengo. Ao longo deste ano, ele voltou a ser procurado pelo clube rubro-negro e decidiu ficar no Rio Grande do Sul.

Nas últimas semanas, o nome do ex-camisa 7 foi especulado como opção para o Boca Juniors. O Corinthians, antes de fechar com Tiago Nunes, consultou os planos de Portaluppi para 2020 e ouviu que o desejo é ficar no Grêmio.

Grêmio