Topo

Futebol


Corinthians fecha com Tiago Nunes por um ano; "pacote" custará R$ 850 mil

Tiago Nunes, técnico do Athletico-PR, após vencer a Copa do Brasil 2019 - Pedro H. Tesch/AGIF
Tiago Nunes, técnico do Athletico-PR, após vencer a Copa do Brasil 2019 Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Samir Carvalho e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/11/2019 11h11

O Corinthians fechou a contratação do técnico Tiago Nunes, do Athletico-PR, até o fim da próxima temporada, segundo apurou o UOL Esporte. Inicialmente, o clube paulista aceita e espera a chegada do treinador somente após o término do Campeonato Brasileiro.

Tiago Nunes chegará ao clube com mais cinco profissionais de sua comissão técnica. A reportagem ainda apurou que o "pacote" todo custará R$ 850 mil mensais.

O valor, aliás, é bem maior do que o Athletico havia oferecido para que Tiago Nunes renovasse por mais dois anos.

Tiago Nunes chega com a missão de findar a "era Carille" no clube paulista.

É consenso na diretoria que não dá mais para o Corinthians ficar jogando como "time pequeno", com medo de sofrer gols do adversário, fato que aconteceu nos últimos anos e, principalmente, com Fábio Carille e Jair Ventura, entre 2018 e 2019.

A tese de que o Corinthians sempre ganhou título jogando na "retranca" é bastante contestada no Parque São Jorge. O título brasileiro de 2015, quando o time foi campeão com a melhor defesa e melhor ataque da competição, sob o comando de Tite, é o maior exemplo para derrubar esse argumento.

Tiago Nunes foi contratado para o lugar de Fábio Carille, demitido após a goleada sofrida para o Flamengo por 4 a 1, no Maracanã, no último domingo. Além dos maus resultados, o treinador "perdeu o vestiário", fato que pesou para a decisão da diretoria corintiana.

Chegada agora depende de demissão

O Corinthians já está conformado que Tiago Nunes chegará somente em 2020, mas o clube ainda sonha que ele chegue agora. Para isso, o treinador depende da demissão do Athletico-PR. O técnico não quer pedir demissão e ficar com a imagem que saiu pelas "portas do fundo" por gratidão.

A reportagem ainda apurou que o contrato de Tiago Nunes não tem multa rescisória. Mesmo assim, ele quer a liberação do Furacão. O que pesa também contra o Corinthians para que ele não comece a trabalhar agora é que o técnico também gostaria de tirar férias.

Futebol