Topo

Athletico demite Tiago Nunes; chegada ao Corinthians depende do técnico

Alexandre Schneider/Getty Images
Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

05/11/2019 16h10

Resumo da notícia

  • O Athletico demitiu Tiago Nunes na tarde de hoje (05).
  • Ciente das conversas avançadas para o treinador assumir o Corinthians, o Athletico optou por encerrar o compromisso.
  • Nunes passou por uma saia justa e quase não teve a oportunidade de se despedir dos jogadores.
  • Tiago Nunes leva para São Paulo os auxiliares Kelly e Evandro Fornari.
  • Time deve ser comandado na quarta por Eduardo Barros, Paulo Miranda ou o técnico do Sub-17, Rogério Correia.

O Athletico Paranaense demitiu Tiago Nunes no início da tarde desta terça-feira (05), após a confirmação do próprio técnico de que ele havia aceitado a proposta para assumir o Corinthians. Inicialmente, Nunes disse que pretendia dirigir o Furacão até o dia 8 de dezembro, quando seu contrato se encerrava. Entretanto, com a decisão tomada, a cúpula atleticana achou melhor encerrar o contrato antes.

Nunes informou aos diretores e passou por uma saia justa, contornada após mais conversa: o Athletico vetou uma despedida dele e dos auxiliares com os jogadores do elenco. Após novas conversas, Nunes acabou liberado e foi ao CT do Caju encerrar o ciclo em Curitiba. O treinador ainda não definiu quando assume o Corinthians. Ele deseja tirar um período de férias antes do novo trabalho e já tem aval corintiano para tanto. Não se descarta, porém, que assuma a equipe ainda em 2019.

Nesta quarta-feira o Furacão encara o Cruzeiro na Arena da Baixada, mas ainda não se sabe quem dirige a equipe, já que os auxiliares Kelly e Evandro Fornari saem com o treinador. Três nomes podem aparecer diante da Raposa: o coordenador da base Eduardo Barros, o coordenador de suporte aos atletas Paulo Miranda ou o técnico do Sub-17, Rogério Correia — os dois últimos são ex-jogadores do Athletico, como Kelly, que também atuou no Corinthians.

Nunes assumiu o elenco principal do Athletico em meio à Copa do Mundo de 2018, quando o Furacão estava na zona de rebaixamento do Brasileirão, após a saída de Fernando Diniz. Campeão Estadual e da Copa Sul-Americana em 2018, da Levain Cup e da Copa do Brasil em 2019, Nunes ocupava o cargo de "Head Coach" no organograma atleticano, o que lhe dava o acúmulo de funções ao coordenar as comissões técnicas dos times da base.

Ele deixa o Athletico na sexta posição do Brasileirão e já classificado para a Libertadores 2020. Enquanto o Corinthians ocupa o oitavo lugar com 45 pontos, um a menos que o Inter, primeira equipe a garantir vaga neste momento.

Athletico