Topo

Futebol


Grêmio chega a 11 clássicos sem perder em casa e faz história em Gre-Nal

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

04/11/2019 04h00

O Grêmio vive a maior série de jogos sem perder como mandante diante do Internacional. Com o placar de 2 a 0 no Gre-Nal 422, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time de Renato Gaúcho chegou a 11 partidas contra o maior rival sem derrotas. O dado iguala a série do co-irmão, que entre 1971 e 1975 também empilhou duelos sem ser batido no Beira-Rio.

A última vitória do Inter no estádio do Grêmio foi em 2014, no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho. O placar de 2 a 1 teve dois gols de Rafael Moura. De lá para cá, o Grêmio acumula cinco vitórias e seis empates.

Entre os triunfos neste período, estão os históricos 4 a 1 em novembro de 2014, sob o comando de Felipão, e 5 a 0 em agosto do ano seguinte, quando o time era treinado por Roger Machado. Com Renato, o clube gremista tem três vitórias e três empates como mandante no Gre-Nal.

"Nossa supremacia existe há três anos. Esse ano comprovou, mais uma vez. Esse ano o Grêmio não perdeu Gre-Nal, tomou um gol. Nem sei se dá para botar na conta do Inter, o gol deles quem fez foi o Grêmio. Foi o Paulo Miranda, mas vai? Ok. Futebol é assim mesmo, é preciso aproveitar o momento. É nosso grande rival, sempre respeitamos, mas vamos atrás das vitórias. Não é por acaso que o Grêmio jogou cinco clássicos e não perdeu nenhum", disse Renato Gaúcho.

O fato de a temporada terminar sem derrotas para o Inter também gera felicidade. Em 2018, o rival venceu uma partida. E no ano anterior, o único Gre-Nal terminou empatado.

"É bom. A gente sabe que no fundo, no fundo, tem a rivalidade", resumiu Renato.

O Grêmio volta a campo diante do CSA, na quinta-feira, outra vez na Arena.

Futebol