PUBLICIDADE
Topo

Muller diz que quase ficou fora do Mundial conquistado pelo São Paulo em 93

André Plihal, Muller, Silas e Vitor Birner - Divulgação
André Plihal, Muller, Silas e Vitor Birner Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

04/10/2019 10h21

Muller revelou algumas histórias de sua carreira durante a gravação do programa Bola da Vez, que vai ao ar amanhã (5), na ESPN Brasil. O ex-jogador, que defendeu os quatro grandes clubes da capital paulista, falou até sobre a possibilidade de não ter disputado pelo São Paulo a decisão do Mundial de Clubes de 1993, contra o Milan.

"Os jogadores se reuniram com ele e pediram a minha presença. Teve uma pressão em cima dele, que acabou me levando. Mas mesmo assim, ele não queria me colocar no jogo. Eu ia ficar no banco. Provavelmente no banco do Juninho Paulista, eu não ia jogar", disse Muller.

Coincidentemente, o Tricolor venceu o Milan por 3 a 2, com gol de Muller aos 41 minutos do segundo tempo. "O futebol aqui no Brasil acabou. Dentro de campo, acabou. Tecnicamente, acabou. Como paixão, sempre vai existir. Mas hoje em dia, como técnica, acabou. O treinador hoje em dia vê um cara técnico como o Silas e um cabeça de bagre, ele vai escolher o cabeça de bagre porque marca. Nosso futebol é pobre", analisou o ex-jogador, que hoje é comentarista.

Comandado pelo apresentador André Plihal, o programa teve participação bancada do comentarista Vitor Birner e do ex-jogador Silas, recém-contratado pela emissora.

São Paulo