Topo

Futebol


Rodrigo Santana cobra elenco do Atlético-MG por pênaltis feitos: "pecamos"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

02/10/2019 22h19

Rodrigo Santana deu uma bronca no vestiário do Atlético-MG após a derrota por 2 a 1, de virada, para o Vasco, pela 21ª rodada do Brasileirão 2019. O treinador viu o time cometer pênaltis nos últimos três jogos e não conseguir resultados positivos por conta de dois deles.

O Galo cometeu penalidades nos jogos contra Colón (ARG), Ceará e Vasco. Por conta dos pênaltis feitos, a equipe foi eliminada da Sul-Americana e perdeu para os cariocas em pleno estádio Independência.

O técnico não escondeu a irritação com os equívocos cometidos por sua equipe nos últimos anos. Dois lances o irritaram principalmente: a falta cometida por Elias contra o Colón (ARG) e o pênalti feito por Patric diante do Vasco.

"A gente teve essa conversa [sobre os pênaltis cometidos], foi mais uma pauta com o grupo no vestiário depois do jogo. Nos últimos dois últimos jogos, foram pênaltis cruciais. Fizemos 1 a 0, tudo tranquilo, a torcida voltou a se animar, e aí fizemos um pênalti. É evitar esse tipo de perigo, uma cobrança que a gente já está tendo. A gente pecou com o mesmo problema. Se a gente não faz o pênalti, dificilmente, a gente tomaria gol", declarou.

Rodrigo Santana ainda crê que o Galo teve uma atuação abaixo da esperada no revés para os vascaínos.

"Eu acredito que a gente fez um jogo abaixo. No primeiro tempo, a gente fez triangulações pelo lado direito. Na esquerda, a gente fez jogada individual e pediu para corrigir. Fica mais difícil fazer qualquer tipo de trabalho pela sequência de jogos. Torna-se mais difícil quando a gente vai fazendo trocas. Otero e Nathan estão entrando agora. Por isso, vão acontecendo os problemas nas partidas que a gente tenta corrigir em campo, com imagens, vídeos e correções", concluiu.

Mais Futebol