Topo

Suposta agressão amplia lista de problemas de Cazares no Atlético-MG

Juan Cazares, meia-atacante do Atlético-MG, se envolveu em nova confusão no último domingo - Bruno Cantini/Atlético-MG
Juan Cazares, meia-atacante do Atlético-MG, se envolveu em nova confusão no último domingo Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

10/09/2019 04h00

Juan Cazares chegou ao Atlético-MG em janeiro de 2016 com a expectativa de que poderia se tornar um dos principais nomes da equipe. Em campo, sem dúvida, o estrangeiro se destaca. Afinal, são 39 gols e 43 assistências em 185 jogos. No entanto, também chama atenção fora das quatro linhas.

O caso da suposta agressão na madrugada de ontem foi apenas mais um problema extracampo na lista do camisa 10, que está em Belo Horizonte há mais de três anos. Desde a sua primeira temporada em Belo Horizonte, o jogador acumula casos polêmicos em sua vida fora do futebol.

Em outubro de 2016, sua primeira temporada no atual clube, Juan Cazares perdeu um voo depois de servir a seleção equatoriana e não respondeu às ligações ou mensagens do departamento de futebol.

Na ocasião, o meia-atacante alegou que sofreu problemas na documentação. Entretanto, ficou alguns dias sem responder à cúpula do clube.

"O Atlético preparou toda a logística para que Cazares desembarcasse no final dessa manhã em BH, assim como fez com os demais jogadores que serviam as suas seleções. O atleta não desembarcou e desde ontem [quarta-feira] não atende as ligações ou responde às mensagens do supervisor de futebol. Diante do fato, será punido pelo clube", informou o time mineiro em nota naquela ocasião.

Perdoado, teve uma nova chance em seu retorno à capital mineira e voltou a jogar com frequência no time mineiro.

Outro problema fora das quatro linhas aconteceu no meio de 2018. À época, o meia-atacante forçou a saída do clube, de acordo com os próprios companheiros.

"A gente procura acolher. Tem o caso do Cazares, que estava para sair, queria sair, forçando, e a gente conversou com ele, falou que era um jogador importante. Ele mudou a postura dele, é notório dentro de campo. Então, a gente fica feliz por estar ajudando um jogador de outra nacionalidade, que tem outra cultura, outra forma de pensar, mas que se comprometeu com a gente. A gente gosta muito dele e conta muito com ele. Todos os jogadores que precisarem de ajuda, precisarem de conselho, sempre vou procurar dar o melhor possível", contou Elias em entrevista ao UOL, em outubro do ano passado.

Na ocasião, dois clubes manifestaram interesse em Cazares. O Shabab Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, e o Al-Hilal, da Arábia Saudita, fizeram ofertas ao Galo. Por conta do assédio e da postura do atleta, o atleta foi afastado das atividades com o restante do elenco.

Às vésperas da final do Campeonato Mineiro desta temporada, o camisa 10 chegou atrasado à concentração para o jogo diante do arquirrival Cruzeiro. Inicialmente, a concentração estava marcada para 13 de abril, mas depois foi antecipada para a noite de 12 de abril. Ele ficaria fora do primeiro compromisso da decisão como uma forma de punição. No entanto, a pedido dos companheiros de elenco, entrou em campo no Mineirão.

Os líderes do plantel se reuniram com membros da comissão técnica e da diretoria a fim de pedir que a sanção ao camisa 10 fosse revista. Cazares foi advertido e esteve entre os titulares de Rodrigo Santana no primeiro compromisso.

O jogador sentiu um desconforto muscular na coxa esquerda aos 18 minutos do primeiro tempo do duelo. Substituído por Vinicius na ocasião, ele passou por exame de imagem, mas na ocasião não teve lesão constatada de acordo com o departamento médico do clube.

Mesmo depois de tantos problemas, Juan Cazares segue entre os principais nomes do Atlético. Ele é titular absoluto do time comandado por Rodrigo Santana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Atlético-MG