Topo

Futebol


Ceni aponta "erros básicos" como principal causa da eliminação do Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

05/09/2019 01h03

O Cruzeiro perdeu por 3 a 0 para o Internacional e está eliminado da Copa do Brasil. Após a partida, o técnico Rogério Ceni elegeu os erros de passes como principais motivos para o Cruzeiro não ter se encontrado dentro de campo. O time mineiro teve muitas dificuldades para sair jogando e sofreu muitos lances de perigo por causa da saída de bola errada dos seus jogadores.

"A parcela de culpa é nossa, do Cruzeiro. Fazíamos um bom primeiro tempo, tocando a bola, criando boas chances. Mas erramos muitos passes, esse foi o principal motivo. Contra o Vasco (pelo Brasileiro) nós já tínhamos errado muitos passes. Nesse jogo erramos mais ainda. Sem o princípio básico do jogo, você não consegue agredir. Tentamos montar um meio mais técnico, mas para ter a técnica, pressupõe-se que você terá o passe. Quando se erra muito como foi hoje, fica mais difícil vencer o jogo", comentou Ceni.

De fato, os erros de passes, alguns deles até na saída de bola, ficaram visíveis desde o primeiro minuto, quando Guerrero e Edenilson tiveram suas finalizações bloqueadas por Dedé e Henrique, após uma saída de bola errada do Cruzeiro. Ao todo, o time mineiro errou 71 passes.

"Construímos muito pouco, não conseguimos trocar 10, 15 passes. Erramos muito", disse.

Com o resultado, o Cruzeiro só terá pela frente o Campeonato Brasileiro na temporada de 2019. No torneio de pontos corridos, o time iniciou uma reação, mas ainda precisa embalar outros bons resultados para se desgarrar dos últimos colocados. As chances de um grande título no ano, contudo, são improváveis.

Mais Futebol