PUBLICIDADE
Topo

Apresentado, Luciano explica 'sim' ao Grêmio e lembra gol em cima do Inter

Luciano jogará com a camisa 18 e aguarda avaliação física para fazer estreia no Grêmio - Divulgação/Grêmio FBPA
Luciano jogará com a camisa 18 e aguarda avaliação física para fazer estreia no Grêmio Imagem: Divulgação/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

02/08/2019 17h40

Luciano foi, enfim, apresentado como reforço do Grêmio. Hoje (2), o atacante explicou o motivo pelo qual rejeitou oferta do Atlético-MG e topou contrato oferecido pelo clube gaúcho. Ex-Leganés, da Espanha, e que estava emprestado ao Fluminense, ele ainda relembrou o primeiro gol como profissional na carreira para acumular moral com os gremistas. O relato citou o Inter como vítima no início da trajetória.

Aos 26 anos, Luciano assinou com o Grêmio até dezembro de 2022. O clube gaúcho adquiriu 50% dos direitos econômicos do jogador depois de uma longa negociação.

"É uma equipe muito grande, disputa várias competições e chega em todas. Optei por esse desafio. Aqui tem grandes desafios, grandes jogadores e um técnico que a gente nem precisa falar nada. Fiquei feliz pelo contato do Atlético, mas pesou na hora o Grêmio por poder jogar e ajudar os companheiros", disse Luciano.

Revelado pelo Atlético-GO, o atacante ainda passou pelo Avaí antes de surgir bem no Corinthians. De lá, foi para o Leganés, depois Panathinaikos, da Grécia, e enfim o Flu.

Ao ouvir pedido para se apresentar aos torcedores gremistas que não o conhecem, Luciano foi rápido e citou o primeiro gol como profissional.

"Eu sou Luciano, sou atacante e estava no Fluminense. Agora cheguei ao Grêmio, um clube muito grande? Vou falar só de um gol que eu fiz, que quando eu subi ao profissional. Foi contra o Internacional. Meu primeiro gol como profissional. (pausa) Também fiz gol no Grêmio, mas agora espero fazer muitos gols aqui para ajudar o clube", comentou o jogador.

Luciano chega ao Grêmio com 15 gols na temporada, número superior a todos os artilheiros do time gremista em 2019. O atacante afirmou que vive melhor momento da carreira e pode atuar pelos lados, mas também como centroavante. Por fim, disse ter conversado com Renato Gaúcho somente na chegada ao CT Presidente Luiz Carvalho e não em meio às tratativas.

"Eu tive uma conversa bem rápida com ele quando cheguei. É um treinador que dispensa comentários, é um treinador vitorioso em um grande clube, vitorioso antes. Isso pesou, sim", declarou.

Grêmio