PUBLICIDADE
Topo

Grêmio atinge duas marcas históricas com classificação na Libertadores

Jogadores comemoram gol do Grêmio contra o Libertad - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Jogadores comemoram gol do Grêmio contra o Libertad Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

02/08/2019 12h00

O Grêmio chegou às quartas de final da Libertadores pelo terceiro ano seguido. Ao vencer o Libertad ontem, o time de Renato Gaúcho atingiu duas marcas históricas. A primeira é de 100 triunfos na história do torneio, estatística inédita entre os clubes brasileiros que já disputaram a competição. A segunda veio com a décima primeira classificação para a antepenúltima fase do campeonato.

São 19 participações do Grêmio em Libertadores, sendo que em 11 o time chegou pelo menos até as quartas de final. Considerando edições anteriores, com outros formatos, a equipe esteve entre as oito melhores da competição 13 vezes.

"É a centésima vitória na Libertadores, e isso não é pouca coisa não. É muita coisa. É muito importante para o clube, nossa torcida, para o futebol gaúcho", disse Renato Gaúcho.

Em 2017, o Grêmio eliminou o Godoy Cruz, da Argentina, e enfrentou o Botafogo nas quartas de final. No ano passado, o time de Renato Gaúcho passou pelo Estudiantes e encarou o Atlético Tucumán, também da Argentina, nas quartas. Desta vez, o adversário será o Palmeiras.

"O histórico fala por si só. Não à toa completamos 100 vitórias na Libertadores. É uma competição que a torcida gosta, que nós já estamos acostumados", comentou Maicon.

Antes de voltar a jogar pela Libertadores, o Grêmio retoma a campanha no Campeonato Brasileiro contra a Chapecoense, segunda-feira, em Porto Alegre.

Grêmio