PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Real já vive 1ª crise: desabafo de Sergio Ramos e pedido de calma de Zidane

Zidane, técnico do Real Madrid, lamentou um empate e duas derrotas, com 12 gols sofridos, em torneio de pré-temporada - Johannes Eisele/AFP
Zidane, técnico do Real Madrid, lamentou um empate e duas derrotas, com 12 gols sofridos, em torneio de pré-temporada Imagem: Johannes Eisele/AFP

Do UOL, em São Paulo

27/07/2019 11h07

Depois de fechar a temporada passada em crise por causa de resultados frustrantes nas competições que jogou, o Real Madrid não deu sinais de que 2019/2020 será muito melhor, ao menos em sua participação na Copa Internacional dos Campeões, torneio de pré-temporada disputado nos Estados Unidos: o time empatou um jogo (Arsenal) e foi derrotado duas vezes (Bayern de Munique e Atlético de Madri, sendo este segundo jogo realizado ontem, com massacrante derrota por 7 a 3 diante dos rivais).

O acúmulo de vexames nos últimos meses já deflagrou a primeira crise do clube, ainda que o técnico Zinedine Zidane tente acalmar os ânimos. "Estamos nos preparando para o ano e temos que estar tranquilos. Nossa temporada será boa, estou convencido. Mas hoje não podemos estar felizes. O que aconteceu é que entramos muito mal na partida. O primeiro tempo foi difícil, nos faltou tudo, sobretudo intensidade. Marcaram sete gols na gente, isso não pode acontecer. Os jogadores sabem disso e estão decepcionados. Mas não há mais o que falar: eles foram melhores em tudo, é uma partida de pré-temporada e assim está", desabafou o técnico francês.

Apesar do discurso em defesa dos jogadores, Zidane teve um gesto ontem que foi considerado como consequência de sua irritação. Após a partida disputada no MetLife Stadium, o treinador deixou o banco de reservas direto para a sala de imprensa e depois para o ônibus, nem passou pelo vestiário e não teve contato com os jogadores após a goleada. Ele havia passado pelo vestiário no intervalo, quando o time perdia por 5 a 0. "A derrota não me preocupa, mas dói. Você não joga para perder. Mas está feito, não podemos olhar para trás."

Encerrada a participação sem vitórias na Copa Internacional dos Campeões, o Real Madrid agora embarca para a Alemanha, onde joga na quarta-feira, contra o Tottenham, pela Copa Audi. O vencedor encara quem passar entre Bayern de Munique e Fenerbahce, e o outro faz a disputa pelo terceiro lugar. O que parecia mais um torneio de pré-temporada será um momento de cobrança para que o Real Madrid mostre uma nova identidade.

"A sensação não é nada boa. O ano acaba de começar, são jogos para que a gente alcance nível de competição. Mas nós tomamos como um amistoso e eles não. Nos ferramos, porque se pode perder de muitas formas, mas assim não", disse o capitão Sergio Ramos, em tom de desabafo após a humilhante derrota.

Futebol