Topo

Bolsonaro é recebido em jogo do Palmeiras com vaias e gritos de "mito"

Jair Bolsonaro foi ao estádio ver Palmeiras x Vasco e dividiu público entre apoio e vaias - REUTERS/Amanda Perobelli
Jair Bolsonaro foi ao estádio ver Palmeiras x Vasco e dividiu público entre apoio e vaias Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

27/07/2019 16h20

O presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve no Allianz Parque na tarde de hoje para acompanhar o empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Vasco da Gama pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele apareceu no gramado às 16h10 (de Brasília), 50 minutos antes de a bola rolar, e foi recebido entre vaias e gritos de "mito".

Bolsonaro entrou em campo cercado por dezenas de crianças e acompanhado pelo presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, além de seguranças e alguns aliados políticos. Acenou aos poucos torcedores que já estavam nas arquibancadas e foi recebido com um misto de vaias e aplausos. Houve gritos de "mito" e até ovação ao ministro da Justiça, Sergio Moro (assista no vídeo mais abaixo).

No intervalo, o presidente desceu até a arquibancada, na região dos bancos de reservas, e causou atraso para o início do segundo tempo. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro teve que esperar Bolsonaro sair do meio das pessoas, descer por uma escada até a altura do gramado e sair pelo túnel para só então recomeçar a partida.

Jair Bolsonaro ouve vaias, apoio e gritos por Sergio Moro no Allianz Parque

UOL Esporte

O presidente já havia avisado ontem que estaria no estádio, com uma declaração que tinha até provocação ao Corinthians. O jogo no estádio palmeirense reúne duas das várias equipes cujas camisas o presidente já vestiu em aparições públicas - ele se diz palmeirense.

Houve protesto tímido do lado de fora, onde alguns cartazes colados em postes criticavam justamente a predisposição de Bolsonaro a usar camisas de vários clubes de futebol. "Vira-casacas aqui não" e "oportunismo político aqui não" eram as mensagens, acompanhadas de fotos do presidente com camisas de Corinthians e Flamengo.

Bolsonaro viajou a São Paulo hoje exclusivamente para ir ao Allianz Parque. Ele saiu de Brasília para o Rio de Janeiro pela manhã e participou de um evento das Forças Armadas. De lá ele partiu à capital paulista às 14 horas para ir ao jogo do Palmeiras e, segundo a agenda presidencial, retorna a Brasília à noite.

Não é a primeira vez que Bolsonaro vai ao Allianz Parque. Em dezembro do ano passado, o então presidente eleito foi convidado a assistir ao jogo da taça do decacampeonato brasileiro e não só foi ao estádio como entregou a taça aos jogadores e foi ovacionado pela maioria do estádio.

Mais recentemente, há vinte dias, a reação a Bolsonaro em um estádio de futebol não foi tão festejada. Na final da Copa América vencida pelo Brasil, ele recebeu mais vaias do que aplausos nas vezes em que apareceu nos telões do Maracanã - em campo, no entanto, foi tietado pela maioria dos jogadores da seleção brasileira.