Topo

Luxemburgo adota estilo "sincerão" e ganha prestígio no Vasco

Vanderlei Luxemburgo não nega ser flamenguista e que primeiro objetivo no Vasco é lutar contra rebaixamento - Jeferson Guareze/Agif
Vanderlei Luxemburgo não nega ser flamenguista e que primeiro objetivo no Vasco é lutar contra rebaixamento Imagem: Jeferson Guareze/Agif

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/07/2019 04h00

"Temos time para brigar para não cair e podemos aspirar algo para cima". Esse foi um dos muitos "papos retos" dados por Vanderlei Luxemburgo desde que chegou ao Vasco. O estilo "sincerão", por vezes, surpreende, mas tem tido um efeito positivo internamente e também entre os torcedores.

O discurso "sem ilusões" sobre a realidade da equipe no Campeonato Brasileiro é um dos que os vascaínos já estão acostumados, mas a sinceridade chega até mesmo no trato com a diretoria, principalmente quando serve de elo entre o elenco e os dirigentes no que se refere aos atrasos salariais.

"Ele (Luxa) é um cara que chegou e matou no peito todos os problemas, segura a estabilidade. Hoje a gente tem um escudo para todos os problemas que estamos enfrentando. Dá tranquilidade a mais para nosso grupo poder trabalhar, para jogar futebol e poder pensar realmente só em jogar futebol. Isso é bom, sabendo que o ambiente aqui às vezes não é muito bom", declarou ao Sportv o capitão da equipe, o zagueiro Leandro Castan.

O treinador comprou e tem cobrado a promessa dos cartolas feita a ele de que, até o término da temporada, todos receberão o que têm direito.

"Nós conversamos com o presidente, ele pagou uma parte, eu não entrei nesta parte, antes do dia 13. Ele vai pagar de novo não sei quando, porque tem que liberar o dinheiro. Sabemos que vamos passar umas dificuldades de atraso, mas não quero reclamação, tumultua. Eles já sabem como vai ser até o fim do ano. É uma promessa séria comigo, acabou o ano, todos os jogadores e comissão técnica vão sair de férias recebendo. Isso é um acerto com o presidente", disse Luxa após a vitória sobre o Fluminense por 2 a 1 no último sábado (20).

Não nega ser flamenguista

Outra situação que Vanderlei Luxemburgo não faz questão de negar é a de ser torcedor do Flamengo, maior rival do Vasco. O treinador, no entanto, costuma frisar que, atualmente, por conta de seu profissionalismo, tem sido vascaíno.

"Eu tenho que deixar separado isso daí. Eu sou flamenguista. Todo mundo sabe que eu sou flamenguista, mas hoje eu sou vascaíno, hoje estou trabalhando pelo Vasco, recebo do Vasco e tenho a obrigação de me doar e dar o melhor de mim para o Vasco da Gama. Isso é profissionalismo", disse o técnico à Fox Sports - Luxemburgo é sócio do Flamengo e votou na última eleição no atual presidente rubro-negro, Rodolfo Landim.

Vasco