Topo

Flu vence Peñarol-URU com dois de Yony e leva boa vantagem para o Maracanã

Yony González comemora gol do Fluminense contra o Peñarol -  REUTERS/Andres Stapff
Yony González comemora gol do Fluminense contra o Peñarol Imagem: REUTERS/Andres Stapff

Do UOL, o Rio de Janeiro

23/07/2019 23h27

O Fluminense deu importante passo para chegar às quartas de finais da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, no Uruguai. O time venceu o Peñarol por 2 a 1, com dois gols de Yony González, e abriu boa vantagem para a partida de volta, no dia 30, no Maracanã - Gastón Rodríguez descontou para os donos da casa.

Com o resultado, o Fluminense poderá empatar ou até perder por 1 a 0 que avançará às quartas de final, graças a regra do gol qualificado. Em caso de vitória do Peñarol por 2 a 1 a vaga será definida nos pênaltis. Se o Peñarol vencer por um gol de diferença a partir de 3 a 2 ou por dois gols de diferença, a vaga fica com os uruguaios. O Tricolor segue muito vivo na busca pelo seu primeiro título internacional.

Flu vende mais de 3mil ingressos com telão em Laranjeiras

O Fluminense fez uma bela campanha para o jogo desta quarta-feira. O clube colocou um telão no gramado das Laranjeiras e teve a resposta da torcida. Mais de 3 mil tricolores comparecerem para acompanharem o duelo no local.

Melhor, Flu abre placar com Yony González

Apesar de jogar fora de casa, o Fluminense manteve a organização e mostrou-se superior ao adversário.Com toque de bola envolvente e uma forte marcação na hora de recuperar a bola, o Tricolor não demorou a abrir o placar. Marcos Paulo roubou no campo ofensivo e acionou Yony González. O colombiano dominou e tocou na saída de Dawson: 1 a 0, aos 16min.

Gargano leva cartão amarelo após revisão do VAR por cotovelada

Perdido em campo, o Penãrol corria muito, mas sem qualquer objetividade. O que era ruim poderia ter ficado ainda pior. Em dividida com Daniel, Gargano deu cotovelada no rosto do tricolor. O árbitro marcou a falta, mas foi chamado pelo VAR, que sugeriu a expulsão do uruguaio. Arnaldo Samaniego reviu o lance e decidiu apenas pela punição com cartão amarelo para irritação dos jogadores do Fluminense.

Muriel brilha em estreia

Curiosamente, o Peñarol decidiu fazer tudo o que não havia feito nos minutos finais. Em menos de cinco minutos, os uruguaios fizeram uma verdadeira blitz e quase marcaram em duas oportunidades. Para azar deles, Muriel, que fazia sua estreia pelo Fluminense, fez duas grandes defesas e evitou o empate. A atuação de gala seguiu no segundo tempo e o goleiro foi colecionando intervenções de muita qualidade.

Yony aproveita falha de goleiro e amplia para o Flu

O Peñarol tinha postura completamente diferente no segundo tempo e pressionava o Fluminense em busca do empate. Muriel fazia o possível e segurava a vitória do Tricolor. Aos 25min, porém, Daniel encontrou passe espetacular para Yony González que usou toda sua velocidade para chegar na bola. Dawson tentou chegar antes, mas calculou mal e ficou no meio do caminho. Melhor para o Ligerinho que tocouna saída do goleiro para fazer 2 a 0.

Peñarol desconta no fim

Quando a partida parecida definida, o Peñarol finalmente conseguiu superar Muriel. Em bola cruzada pela direita, Gastón Rodríguez se antecipou à zaga do Fluminense e bateu firme para esticar as redes: 2 a 1.

PEÑAROL 1 X 2 FLUMINENSE

Local: Campeón Del Siglo, Montevidéu (URU)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Arnaldo Samaniego (PAR)
VAR: Germán Delfino (ARG)
Cartões amarelo: Gargano (PEN) Nino, Allan e Igor Julião (FLU)
Gols: Yony González, aos 16min do primeiro tempo, e aos 25min do segundo tempo; Gastón Rodrigúes, aos 44min do segundo tempo;

Peñarol
Dawson; Giovanni González, Fabricio Formiliano, Enzo Martínez e Rodrigo Rojo; Guzmán Pereira (Trindade), Walter Gargano, Brian Rodríguez e Canobbio (Estoyanoff); Gastón e Lucas Viatri (Cristian Rodríguez)
Técnico: Diego López

Fluminense
Muriel, Igor Julião (Gilberto), Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso (Bruno Silva); Marcos Paulo, Yony González e Pedro
Técnico: Fernando Diniz

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi afirmado anteriormente, não são todas vitórias do Peñarol por um gol de diferença que levarão a disputa para os pênaltis. Se os uruguaios vencerem por 1 a 0, por exemplo, o Flu avança de fase pela regra do gol qualificado. O único placar que leva a disputa para os pênaltis é um triunfo do Peñarol por 2 a 1.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Fluminense