Topo

Pedro tenta retomar boa fase no Flu após contusão grave e pequenas lesões

Pedro comemora gol do Fluminense contra o Grêmio - Pedro H. Tesch/AGIF
Pedro comemora gol do Fluminense contra o Grêmio Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/06/2019 04h00

Principal referência de ataque do Fluminense, Pedro ainda tenta retomar a grande fase que viveu antes da grave lesão no joelho direito que o deixou afastado dos gramados por quase oito meses e o fez ser desconvocado da seleção brasileira principal. Após retornar, o atacante apresentou problemas musculares e ainda não conseguiu ter uma sequência.

Em maio, ele sofreu uma lesão muscular que o tirou do duelo contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Pouco tempo depois, ele embarcou para a França onde disputou o Torneio de Toulon com a seleção brasileira sub-23 e sentiu a mesma contusão na final da competição contra o Japão.

A situação chegou a causar preocupação ao Fluminense, mas após exames com o departamento médico tricolor, constatou-se que a lesão é de grau leve.

Em paralelo a este período de reafirmação, Pedro viu despontar uma joia que já era de seu convívio no dia a dia do clube, mas que não vinha tendo oportunidades até então. Como um cometa, o jovem João Pedro, de 17 anos, fez nove gols em 15 gols e virou o novo xodó da torcida, mesmo já estando vendido para o Watford, da Inglaterra.

Desde seu retorno aos gramados, Pedro disputou sete partidas e fez três gols. O atacante, que chegou a ser sondado pelo Real Madrid, continua sendo monitorado por gigantes europeus.