PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fã de Messi, brasileiro vai torcer contra se a seleção pegar a Argentina

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

22/06/2019 12h00

Brasileiro, de Porto Alegre, com 15 anos, Lauro Roveda torce pela Argentina e pelo Barcelona. A razão para isso é Lionel Messi. Com a camisa do craque, ele esteve no Beira-Rio no dia em que a seleção treinou pela primeira vez em Porto Alegre. E disse, sem qualquer dúvida, que se o Brasil estiver pelo caminho, ele seguirá do lado dos "hermanos".

"Eu torço pela Argentina. Pode ser contra o Brasil, torço pela Argentina", contou.

A mãe, Márcia Roveda, revelou que o menino tem em Messi um ídolo, uma obsessão, quase uma religião.

"Ele tem tudo. Camisa, calção, meia, chuteira, tudo. Começou a jogar futebol por causa do Messi. Na Copa, era eu e ele torcendo pela Argentina, o resto pelo Brasil", contou.

Lauro ganhou de presente o livro da biografia de Messi, está lendo, já atingiu a metade e a cada página gosta mais dele. Até mesmo o corte de cabelo é pensando no ídolo.

"Aqui no Brasil eu torço para o Grêmio. Mas torço mesmo é pelo Barcelona e pela seleção da Argentina", comentou. "Eu só corto o cabelo como o Messi, me arrumo que nem ele, me espelho nele em tudo", acrescentou.

Um cartaz no qual declarava o amor ao ídolo esteve nas mãos deles durante toda tarde. A busca era que o jogador conseguisse ao menos saber da existência do brasileiro disposto a torcer contra a seleção. Mas, até onde foi possível perceber, não houve sucesso.

Sem condições de comprar ingresso, mãe e filho não poderão estar na Arena do Grêmio no domingo, quando a Argentina encara o Qatar pela última rodada do grupo B da Copa América, mas prometem estar na torcida acompanhando pela televisão.

"Queria muito que a Argentina fosse campeã. Não importa se pegar o Brasil. Vou torcer da mesma forma", falou, confiante.

Futebol