Topo

Futebol


Treino da Argentina tem apoio, privacidade e D'Alessandro na torcida

Treinamento da Argentina no estádio do Inter, em Porto Alegre - Marinho Saldanha/UOL
Treinamento da Argentina no estádio do Inter, em Porto Alegre Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/06/2019 16h32

Pressionada a conseguir a classificação para a próxima fase e ainda sem vencer na Copa América, a Argentina optou pela privacidade. Hoje (21), foi a primeira seleção a utilizar o campo do estádio Beira-Rio, do Inter, para realizar treinamentos. E enquanto do lado de fora havia muito apoio da torcida, nas cadeiras estava D'Alessandro acompanhando o trabalho dos compatriotas.

O camisa 10 do Internacional cumprimentou Messi e alguns outros jogadores que se encaminhavam para o campo. Depois, foi autorizado a permanecer nas cadeiras após os 15 minutos em que a atividade foi aberta à imprensa.

Marinho Saldanha/UOL
Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Do lado de fora, muitos torcedores apoiaram desde o momento da chegada da delegação. Com gritos, eles prestaram reverência aos atletas que encaram o Qatar, domingo, na Arena do Grêmio.

Enquanto os jornalistas puderam acompanhar o treino, apenas o aquecimento foi realizado. A parte de definição de equipe ocorreu sob total privacidade. A utilização do Beira-Rio se deu em razão dos campos do CT Parque Gigante darem vista para rua, tornando impossível a realização de um treino totalmente sigiloso. E o CT do Grêmio foi ocupado pelo treino do Qatar. Outra alternativa seria o campo do SESC, mas o local também tem fluxo de pessoas.

Marinho Saldanha/UOL
Imagem: Marinho Saldanha/UOL

A Argentina só tem um ponto e está em último no grupo B da competição. Para se classificar precisa vencer o Qatar às 16h (de Brasília) pela última rodada da chave.

Futebol