PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Advogada diz que Neymar irá depor em São Paulo, mas sem data definida

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

05/06/2019 18h46

A advogada Maíra Fernandes, que integra a equipe de defesa de Neymar, afirmou que o jogador irá depor na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, ainda sem data confirmada. O atacante é acusado de estupro.

"Não posso falar. Só posso dizer que nós vamos provar a inocência do nosso cliente. Vai prestar depoimento, claro. Tem todo interesse em falar. Em data próxima, mas não está definido ainda. Ainda não há data marcada", disse a advogada.

A mulher que acusa Neymar de estupro registrou o Boletim de Ocorrência na mesma delegacia, que fica em Santo Amaro, na capital paulista.

A acusação da mulher é que Neymar chegou ao hotel em Paris no dia 15 de maio, por volta de 20h, e embriagado. Após trocas de carícias, ele teria ficado agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento da vítima. Ela ainda disse que voltou ao Brasil no dia 17 de maio e que estava abalada emocionalmente e com medo de registrar a ocorrência.

O ex-advogado da mulher, José Edgard Bueno, afirmou ter discordado da estratégia que a então cliente queria defender. Segundo ele, seria o caso de denunciar o camisa 10 do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira por agressão, não por estupro. Este foi um dos motivos por ele ter abandonado o caso.

Na saída da delegacia, um jornalista perguntou se a advogada de Neymar havia visto o frame de um vídeo que teria sido gravado no quarto do hotel e que mostraria a agressão. Ela negou ter visto o vídeo.

Futebol