PUBLICIDADE
Topo

Executivo do Santos explica por que ainda não acertou patrocínio máster

Marcelo Frazão, executivo de marketing e comunicação do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Marcelo Frazão, executivo de marketing e comunicação do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

28/05/2019 12h00

Um dos principais problemas atuais do Santos é a falta do patrocinador máster. Após o término do contrato com a Caixa Econômica Federal, que deixou os grandes clubes de futebol, o Peixe ainda não recebeu uma proposta de valores semelhantes ao antigo e, por isso, prefere aguardar.

Nas reuniões que teve até o momento, em sua maioria com bancos digitais, foram oferecidos valores fixos que não atingem nem a metade do que a Caixa pagava ao Peixe, cerca de R$ 11 milhões por ano. A maioria deles viria por conversões e sem valor mínimo garantido.

Durante reunião do Conselho Deliberativo do Santos na noite de ontem, o executivo de marketing e comunicação do Santos, Marcelo Frazão, explicou a opção do clube com relação ao patrocinador máster.

"Clubes optaram por bancos digitais, com valores garantidos abaixo da metade até então. Corinthians fechou com BMG a R$ 12 milhões de mínimo, contra 28 antes. Flamengo fechou por R$ 13,5 mi, antes faturava R$ 26 mi. Vamos supor que fechássemos em R$ 5 milhões. Se não tivéssemos sucesso em conversões de bancos digitais, como ocorre na maioria dos clubes, entregaríamos espaço nobre por valor menor do que o mercado, sem receber o devido pelo risco. Opção é não aceitar esse tipo de modelo", explicou.

A ideia do Santos é não transformar o uniforme em um "macacão automotivo", nas palavras do próprio Frazão, e valorizar o espaço máster. No entanto, o executivo admite que diante da delicado economia do país pode não haver outra opção e, nesse caso, ficaria por conta do Comitê de Gestão do Peixe aceitar ou não o modelo.

O Santos anunciou recentemente a Casa de Apostas como patrocinador para a omoplata e está em vias de acertar com uma marca para as mangas do uniforme. Hoje o Peixe conta com seis patrocinadores: Philco, Algar, Unicesumar, Kodilar e Orthopride, além da Casa de Apostas. Restam apenas os espaços máster e manga.

Santos