Topo

Falta de resultados pressiona Grêmio, mas Renato Gaúcho espanta crise

Renato Gaúcho não quer saber de crise no Grêmio, mesmo com resultados ruins - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Renato Gaúcho não quer saber de crise no Grêmio, mesmo com resultados ruins Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/05/2019 04h00

Com titulares, o Grêmio não venceu um time de Série A sequer nesta temporada. Supero o Inter, no clássico da primeira fase do Gaúcho, mas ambos utilizaram reservas. Os números recentes pressionam o Tricolor, mas não na avaliação do técnico Renato Gaúcho, que espantou qualquer indício de crise.

"A gente vai se recuperar, não tenho dúvida alguma. Tem muita gente querendo criar coisas. Não vão conseguir. Não vão conseguir, repito. E daqui a pouco a gente vai voltar a ganhar. Hoje (quarta-feira) o presidente teve uma conversa muito boa com o grupo, tudo tranquilo. O que posso dizer aos cornetinhas: dois anos e meio, seis títulos. Se alguém tiver amnésia eu vou repetir de novo daqui alguns dias", disse após o empate em 0 a 0 com o Juventude.

O protocolo de reclamação aos jornalistas não é novidade. Renato já mandou recado a comentaristas nesta passagem pelo reservado do Tricolor, a exemplo do que ocorria no passado.

Mas é inegável que os números pesam. O Grêmio enfrentou, com titulares, duas vezes o Internacional pelo Estadual e mais as cinco rodadas do Brasileirão contra Ceará, Avaí, Corinthians, Fluminense e Santos. Não venceu nenhuma. Foram quatro empates e três derrotas, aproveitamento de 19%.

O Tricolor não vence há três jogos. Unido ao empate com o Juventude estão a derrota para o Ceará e o empate com o Corinthians. Pela Libertadores, o time venceu o Universidad Católica, mas antes deste compromisso vinha de mais duas partidas sem ganhar. A derrota para o Fluminense e o empate contra o Avaí.

No recorte dos últimos 10 jogos, o Grêmio venceu apenas dois, empatou cinco e perdeu três, gerando aproveitamento de 36,6%. Mas, na opinião de seu treinador, não há qualquer motivo para preocupação.

Há, em defesa do trabalho, porém, a conquista do Campeonato Gaúcho com quebra do recorde histórico do número de gols sofridos na competição. Apenas um em 17 jogos.

"Falta sempre falta alguma coisa. Não vou ficar falando o que deu certo e deu errado", simplificou o treinador.

O Grêmio enfrenta o Atlético-MG neste sábado às 19h (de Brasília), pela sexta rodada do Brasileirão.