Topo

Futebol


Renato cita Barcelona e Ajax e rebate 'cornetinhas' no Grêmio: "Amnésia"

Jeremias Wernek

Do UOL, em Caxias do Sul (RS)

23/05/2019 04h00

O Grêmio fez mais um jogo abaixo do próprio nível, empatou sem gols com o Juventude, e foi alvo de críticas. Renato Gaúcho rebateu as contestações citando as eliminações de Ajax e Barcelona na Liga dos Campeões e chamou os críticos de 'cornetinhas'. O treinador ainda reiterou discurso de que a recuperação do time está próxima e lembrou as conquistas recentes para ironizar: "Estão com amnésia".

A atuação em Caxias do Sul deixa a vaga nas quartas de final totalmente aberta. Quem vencer em Porto Alegre, na próxima quarta-feira, avança. Em caso de novo empate, pênaltis.

"Acho que está faltando um pouquinho de educação, no bom sentido, para alguns da imprensa. O Barcelona, há 10 dias, saiu da Champions. O Ajax também. Qual problema do Grêmio não ter vencido ainda no Brasileiro? Recado aos cornetinhas de plantão. Não vão criar nada aqui. Não vão conseguir criar crise. Em dois anos e meio ganhamos seis títulos. Os cornetinhas podem seguir falando, mas vai entrar em um ouvido e sair no outro. Estão criando uma tempestade de copo d?água. aqui com a gente não tem problema. Estamos fechados, fechadíssimo, do porteiro ao presidente", disparou Renato na entrevista coletiva.

\O treinador repetiu a expressão 'cornetinhas' mais vezes ao longo da entrevista. Depois, ao atender apenas emissoras de TV, fez questão de tocar no tema espontaneamente.

"Todo clube, em alguma competição, dá uma vacilada. Ajax, Barcelona... Mas o Grêmio tem seis títulos em dois anos e meio. Aos cornetinhas, ou quem tem amnésia, eu posso repetir. Seis títulos em dois anos e meio. Quer que eu diga de novo? Seis títulos em dois anos e meio", frisou Renato Gaúcho. Nos últimos dias, o Grêmio viu crescer a contestação ao trabalho de Renato. As três derrotas no Campeonato Brasileiro (e cinco rodadas sem vitória, no total), geram pressão. Mesmo com as baixas por lesão, o entendimento da ala crítica é que o nível do time caiu demais.

"A gente vai se recuperar, não tenho dúvida alguma. Tem muita gente querendo criar coisas. Não vão conseguir. Não vão conseguir, repito. E daqui a pouco a gente vai voltar a ganhar. Hoje mesmo o presidente teve uma conversa muito boa com o grupo, tudo tranquilo. O que posso dizer aos cornetinhas: dois anos e meio, seis títulos. Se alguém tiver amnésia eu vou repetir de novo daqui alguns dias", reiterou o treinador.

O Grêmio volta a campo no sábado, contra o Atlético-MG, pela sexta rodada do Brasileirão.

Mais Futebol