Topo

Futebol


Edilson pediu telefone de Nico para se desculpar, diz Rafael Sobis

Do UOL, em Porto Alegre

12/05/2019 20h01

Edilson pediu contato de Nico López para se desculpar pela agressão no final do jogo entre Internacional e Cruzeiro, hoje (12), no estádio Beira-Rio. A passagem foi revelada por Rafael Sobis, atacante do time gaúcho e ex-colega do lateral direito no clube mineiro. O lance gerou indignação no vestiário colorado e foi registrado em súmula pelo árbitro Raphael Claus.

Em campo, o Inter venceu o Cruzeiro por 3 a 1. Os gols do time gaúcho foram de Nonato, Paolo Guerrero e Rodrigo Moledo. Dedé fez para a equipe mineira.

"O que eu vou falar, né? Foi uma agressão, tem vídeo rodando na internet mostrando o braço do Edilson sangrando depois de acertar a boca do Nico. Quem sou eu para julgar? Não foi uma atitude legal, mas conheço bem ele. É um cara legal", disse Rafael Sobis.

Sobis e Edilson atuaram juntos no Cruzeiro. O lateral foi para o clube mineiro após deixar o Grêmio, no início de 2018, e o histórico no clube gremista é visto nos bastidores como um vetor para a atuação no lance com Nico López.

"Ele já pediu o número do Nico para pedir desculpas, mas tem coisas que não dá para desculpar. Não digo que foi covarde, mas tem coisas que não precisam acontecer", completou o camisa 23 do Internacional.

A diretoria do Inter está revoltada com o episódio. Os dirigentes, inclusive, recordam de outra expulsão de Edilson diante do clube. Quando atuava no Grêmio, o lateral acertou socos na boca de Rodrigo Dourado em Gre-Nal disputado na Arena. O clássico de 2016 terminou 0 a 0.

"Que seja aplicada uma punição. Esse atleta merece. Isso não é futebol. As imagens estão aí, não é a primeira vez. É pelo conjunto da obra", afirmou Roberto Melo, vice de futebol do Inter.

Mais Futebol