Topo

Futebol


Löw renova seleção alemã em 1ª convocação após "aposentar" medalhões

EMMANUEL DUNAND / AFP
Imagem: EMMANUEL DUNAND / AFP

Do UOL, com Lancepress!

15/03/2019 13h34

Eliminada da Copa do Mundo de 2018 ainda na fase de grupos e com as principais equipes também desclassificadas das competições europeias, a Alemanha não vive um bom momento no futebol mundial. Nesta sexta-feira, o treinador Joachim Löw convocou a equipe renovada para um amistoso contra a Sérvia e um confronto das eliminatórias da Eurocopa de 2020 contra a Holanda.

A partida contra a Sérvia ocorre no dia 20 de março na Wolkswagen Arena, na Alemanha, enquanto o duelo válido pelas eliminatórias contra a seleção holandesa tem data prevista para o dia 24 de março na Holanda.

Além dos resultados ruins, a confederação alemã sofre uma enxurrada de críticas com a maneira que estão lidando com os atletas. A uma semana atrás, medalhões como Jerome Boateng, Mats Hummels e Thomas Muller foram informados que não fariam mais parte do elenco.

Partindo do pressuposto de uma renovação, Joachim Löw convocou alguns jovens jogadores como é o caso dos zagueiros Lukas Klostermann, do RB Leipzig e Niklas Stark, do Hertha Berlim; e do meia Maximilian Eggestein, do Werder Bremen. Na entrevista coletiva, na qual divulgou a lista dos relacionados para as partidas, o técnico explicou a situação dos veteranos.

"Depois do final da Liga das Nações, nós pensamos em como o time deveria jogar daqui para frente. Estas decisões não se tomam de um dia para o outro. É um processo no qual as mudanças acontecem. Falei para eles que não tinha planos de contar com eles nas Eliminatórias e na fase final da Eurocopa de 2020. O mais importante para mim é que os informei disso pessoalmente", comentou o treinador.

Confira a relação dos atletas relacionados:

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern de Munique), Marc-Andre ter Stegen (Barcelona-ESP) e Kevin Trapp (Eintracht Frankfurt)

Defensores: Matthias Ginter (Borussia Mönchengladbach), Thilo Kehrer (Paris Saint-Germain-FRA), Antonio Ruediger (Chelsea-ING), Nico Schulz (Hoffenheim), Niklas Suele (Bayern de Munique), Jonathan Tah (Bayer Leverkusen), Niklas Stark (Hertha Berlin), Marcel Halstenberg (RB Leipzig) e Lukas Klostermann (RB Leipzig)

Meio-campistas: Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Maximilian Eggestein (Werder Bremen), Leon Goretzka (Bayern de Munique), Ilkay Gundogan (Manchester City-ING), Kai Havertz (Bayer Leverkusen), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Toni Kroos (Real Madrid-ESP) e Marco Reus (Borussia Dortmund)

Atacantes: Serge Gnabry (Bayern de Munique), Timo Werner (RB Leipzig) e Leroy Sane (Manchester City-ING)

Mais Futebol