PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Liberação de aeronave trava chegada de adversário do Cruzeiro ao Brasil

Divulgação/Deportivo Lara
Imagem: Divulgação/Deportivo Lara

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

13/03/2019 17h50

Adversário do Cruzeiro desta quinta-feira pela Copa Libertadores, o Deportivo Lara ainda não conseguiu sair da Venezuela e embarcar para o Brasil. Desde o início da semana, a viagem da delegação vem sendo adiada por vários motivos. O último deles é referente à aeronave, que não tem autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para voar no espaço aéreo brasileiro.

O Deportivo Lara contratou a empresa Turpial Airlines para transportar a delegação a Belo Horizonte. Acontece que a companhia aérea não tem a permissão necessária da ANAC para fazer o translado, e teve sua permissão negada pelo órgão. A equipe venezuelana avalia a possibilidade de trocar de companhia, mas o impasse já coloca em risco a realização do jogo nesta quinta-feira, já que não há nada garantido até o momento.

No início da tarde de hoje, o Deportivo Lara utilizou sua rede social para divulgar fotos do treinamento e almoço realizado pelos jogadores. No momento, eles estão concentrados na cidade de Valencia, a 200km de Cabudare, sede da equipe. Além de indicar que seria impossível que a delegação chegasse a Belo Horizonte 24 horas antes da partida, a publicação também aumentou a incerteza sobre a realização do jogo, que segue agendado para às 19h de amanhã. Depois que adiou o compromisso para a quinta-feira, a Conmebol não se pronunciou mais sobre o assunto.

Cruzeiro ofereceu ajuda

A logística do Deportivo Lara previa sair de Valencia, na Venezuela, e fazer uma pausa em Manaus para abastecimento da aeronave. O Cruzeiro até oferecer arcar com os custos do combustível para tornar a viagem viável. Contudo, o adversário ainda precisaria resolver a questão da companhia aérea escolhida não ter autorização para voar no Brasil.

Equipe mineira treina na Toca

Como a partida não será realizada na noite de hoje, o Cruzeiro voltou à sua programação na Toca da Raposa. Neste momento, os jogadores treinam sob o comando de Mano Menezes, ainda incertos se o jogo irá ou não ocorrer.

"Durante praticamente meus 14 anos como profissional nunca tinha vivido este tipo de situação, em que uma partida teve de ser remarcada. Mas a preparação continua a mesma, a gente fez uma preparação ontem (terça-feira) e hoje ela continua, se repetindo em algumas partes , com o o foco em cima da equipe do Lara", disse o zagueiro Léo.

Futebol