PUBLICIDADE
Topo

Santos

Ferraz sobre Coutinho: "Camisa pesada é por causa dele e daquela geração"

Victor Ferraz compareceu ao velório de Coutinho na Vila Belmiro - UOL
Victor Ferraz compareceu ao velório de Coutinho na Vila Belmiro Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

12/03/2019 13h59

O lateral-direito Victor Ferraz, do Santos, compareceu na tarde de hoje ao velório do ex-jogador Coutinho, que é realizado no Salão de Mármore da Vila Belmiro desde a 1h da manhã.

O capitão santista lembrou com carinho do ídolo da década de 60 que formou o "ataque dos sonhos" ao lado de Dorval, Mengálvio, Pelé e Pepe. Para ele, a geração de Coutinho transformou o Santos no que o clube é hoje.

"É um momento triste, não só para o Santos, mas para o futebol brasileiro. Mesmo não trabalhando, era presente em alguns momentos com a gente. Tive algumas oportunidades de estar junto em eventos do grupo, jantar, churrasco e convidávamos essa geração. Contava histórias e falava como era diferente o futebol. Se hoje jogamos num clube desse tamanho, com camisa tão pesada, é por causa dele e daquela geração", disse.

Victor Ferraz lamentou não ter visto Coutinho em campo, mas disse o ex-jogador é exemplo para ele pelo que fez dentro e fora dos gramados.

"Eu não tive oportunidade de ver o Coutinho jogando em si, mas conversei, escutei histórias. As que mais me chamam a atenção são as excursões. De como era diferente enfrentar viagens. Reclamamos de uma conexão, viagem de 10 ou 12 horas, viajavam 36, 40 horas para jogar no outro dia. Fica um exemplo muito grande e o mínimo era vir, dar uma força. Eu já orei pela família para que Deus possa consolar."

Coutinho faleceu na noite de ontem por causa de um infarto no miocárdio. Após o velório na Vila Belmiro, o corpo segue para o sepultamento que está marcado para as 18h no cemitério Memorial. Além do atual capitão santista, Jean Mota também compareceu ao velório.

Santos