PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sampaoli festeja vaga nas quartas: "O Santos mudou a história imaginada"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/03/2019 23h39

O Santos foi de "quarta força" a primeiro time a garantir vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista. Na noite de hoje, após a sofrida vitória por 3 a 2 sobre o Oeste no Pacaembu, o time que foi considerado o menos forte no papel entre os grandes de São Paulo superou as expectativas e avançou à próxima fase com três rodadas de antecedência, para satisfação do técnico Jorge Sampaoli.

"É uma alegria muito grande para um grupo de jogadores em que ninguém acreditava e foi crescendo com o tempo. Sabemos que as partidas na etapa decisiva serão muito mais difíceis, mas valorizo esse grupo de jovens que mudou a história que todos imaginavam. Fiquei contente porque há muitos jogadores que encontraram um valor que não tinham", disse o técnico na coletiva.

LEIA MAIS:
Rodrygo relata ameaça de Kanu: "Falou que me deixaria aleijado"
Já viu árbitro comemorando bola rolando? Aconteceu no jogo do Santos 

Com o triunfo, o Santos chegou a 22 pontos e sete vitórias na ponta do grupo A e não pode mais ser alcançado pela Ponte Preta, terceira colocada com dez pontos e duas vitórias, e assim garantiu a vaga no mata-mata já na nona rodada. 

Para além da classificação, Sampaoli gostou da postura do Santos na etapa complementar. O time saiu perdendo para o Oeste, mas conseguiu reagir e buscar a vitória com gol de Victor Ferraz no último lance. "Gostei muito da decisão do time no segundo tempo. Foi buscar, sem medo de se expor, contra um adversário muito bem postado. Criamos várias chances e o jogo ficou extremamente aberto. Me parece que vencemos merecidamente", disse.

Agora, o Santos terá pela frente o desafio contra o América-RN na Copa do Brasil. Após dois meses de trabalho, o treinador reconhece que o time deve ajustar o passe entre as linhas para melhorar a transição da defesa para o ataque. 

"Somos uma equipe que propõe o tempo todo e temos que buscar um argumento que nos permita, como fizemos no segundo tempo contra o Oeste, ter muitas variantes no ataque", projetou o comandante alvinegro. 

Futebol