PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Festa com limites: Cruzeiro folgará meio Carnaval sem esquecer Libertadores

Vinnicius Silva/Divulgação/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Divulgação/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

01/03/2019 04h00

Daqui a menos de uma semana, o Cruzeiro entra em campo para estrear na Copa Libertadores contra o Huracán, em Buenos Aires. A proximidade com o jogo poderia significar trabalhos intensos na Toca da Raposa durante o Carnaval, mas a comissão técnica aproveitou a ocasião para dar uma folga aos atletas por dois dias. A partir de agora, os jogadores só retornam no domingo e estão liberados para curtirem um pouco da festa, claro, com moderação e dentro dos limites.

"Eu penso que brincar de Carnaval no Carnaval é uma coisa legal. Tem uns que gostam mais, outros que gostam menos, cada um faz do seu jeito. Mas é uma coisa cultural brasileira e importante. Nós vivemos no Brasil e eu acho que nessa hora é bom brincar dentro dos limites que um atleta pode brincar. No domingo já estaremos de volta justamente porque temos nossas obrigações para a grande estreia na quinta-feira. Mas eu acredito que eles estão mais ansiosos pela estreia na Libertadores do que pelo Carnaval. Sobre o Carnaval, eles já estão mais experientes", brincou o técnico Mano.

A folga dada por Mano Menezes só foi possível porque o Campeonato Mineiro também não terá jogos neste final de semana. Devido à grande concentração de pessoas durante o Carnaval de Belo Horizonte, a Polícia Militar solicitou à Federação Mineira de Futebol que não marcasse partidas durante o feriado. Portanto, os atletas estão liberados na sexta e no sábado, voltando aos trabalhos a partir de domingo.

Os jogadores aprovaram a pausa nos treinos. Apesar de a folga não ser válida por todo o feriado, alguns aproveitarão o momento para ficarem com a família. É o caso de Robinho, adepto das festas de Carnaval, mas que vai aproveitar os dois dias sem treinamento para dedicar ao filho.

"Eu gosto (de Carnaval), mas se eu festasse. Como eu não posso festar... então não é muito agradável. Mas será bom que eu vou ficar com meu filho, em casa, assistindo aos desfiles das escolas de samba. Mas participar mesmo, eu não posso muito", brincou o meia, que deverá começar jogando diante do Huracán.

Nesses quatro últimos treinamentos, Mano Menezes vai definir alguns setores da equipe. No meio, a presença de Thiago Neves já está praticamente descartada. O velocista David já está recuperado de um edema na coxa, mas ainda é peça incerta nem mesmo no banco. A maior dúvida é na defesa. Murilo saiu na frente para formar dupla com Léo (Dedé está suspenso), mas teve uma atuação bastante insegura no último jogo do Mineiro, sofreu críticas e tem chances de perder a vaga para Fabrício Bruno.

Futebol