PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Clube português não libera goleiro ao Grêmio e vai comprar antes do prazo

Goleiro Léo Jardim será comprado pelo Rio Ave, de Portugal, antes do prazo - Lucas Uebel/Gremio FBPA
Goleiro Léo Jardim será comprado pelo Rio Ave, de Portugal, antes do prazo Imagem: Lucas Uebel/Gremio FBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

31/12/2018 11h30

Após consulta do Grêmio, o Rio Ave, de Portugal, informou que não irá liberar o goleiro Léo Jardim, de 23 anos. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube europeu relatou aos gaúchos que exercerá a cláusula de compra do jogador seis meses antes do prazo previsto. 

A solicitação de regresso de Léo se deu por conta da saída de Marcelo Grohe, vendido ao Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Com um jogador a menos no grupo, o Tricolor, que já precisava de outro camisa 1, planejava o regresso do atleta. 

No entanto, a boa fase em Portugal fez o Rio Ave decidir sua compra antecipada. Mesmo com vínculo por empréstimo até o meio do ano, a cláusula será exercida na janela de transferências que se abre no início do ano. 

Com 19 partidas na temporada, sendo a última diante do Porto antes do Natal, o goleiro é titular da equipe e já desperta interesse de clubes maiores. Está na mira do Sporting e o negócio pode até se concretizar na mudança de temporada europeia, em julho. 

Resta ao Grêmio a expectativa de fechar com Éverson, do Ceará. O Tricolor já apresentou duas propostas rejeitadas pelo clube nordestino e espera encontrar um caminho no início do ano que vem. 

Futebol