PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lugano fala em "otimismo muito grande" no Brasil com a eleição de Bolsonaro

Diego Lugano se mostrou otimista com a eleição de Jair Bolsonaro - saopaulofc.net
Diego Lugano se mostrou otimista com a eleição de Jair Bolsonaro Imagem: saopaulofc.net

Do UOL, em São Paulo

20/12/2018 16h20

Superintendente de relações institucionais do São Paulo, Diego Lugano se mostrou confiante com a eleição de Jair Bolsonaro para presidente do Brasil. Ex-capitão da seleção uruguaia e campeão mundial pelo Tricolor paulista, em 2005, ele deu a sua opinião sobre a política nacional em entrevista ao jornal El País, do Uruguai.

"Tem um otimismo muito grande entre as pessoas. A informação que eu vejo chegar ao Uruguai não é a mesma do Brasil. Houve uma pesquisa, e 75% das pessoas aprovaram as primeiras ações do novo presidente. E é por isso que no Brasil existe um otimismo muito grande", afirmou Lugano. 

"É um país em recessão, que sofre com a violência e com o desemprego. E é visto um otimismo de 75% do povo. Estamos falando de mais de 100 milhões de pessoas, e entre curto e médio prazo isso vai ter muita influência no Uruguai e em toda a região", completou o ex-zagueiro.

Curiosamente, a visão de Lugano destoa da do executivo de futebol do São Paulo, Raí. O campeão mundial de 1992 se mostrou preocupado com a eleição do capitão reformado do exército, que assume o cargo no dia 1º de janeiro. O depoimento de Raí não foi bem recebido por parte do Conselho Deliberativo do São Paulo. 

"Fui votar com convicção, escolhendo a opção com a qual mais me identifico. Eu estava preocupado, mas eu tinha uma pequena esperança dentro de mim. Depois dos resultados, fiquei triste e até assustado quando vi as reações do povo celebrando a vitória de um candidato que já mostrara valores absurdos e repugnantes", disse Raí, em entrevista ao jornal esportivo francês L'Equipe.

Futebol