PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG avança para tornar Arena MRV projeto de interesse social

Atlético-MG tem projeto de construir estádio a partir de 2019 - Reprodução
Atlético-MG tem projeto de construir estádio a partir de 2019 Imagem: Reprodução

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

03/11/2018 04h00

"Demos um passo muito importante em relação ao estádio", disse Sérgio Sette Câmara sobre a Arena MRV, na última quarta-feira (31). O otimismo demonstrado pelo presidente do Atlético-MG tem motivo. O Galo avançou etapas para enquadrar a obra de seu campo como projeto de interesse social.

O clube passa por um processo na Prefeitura de Belo Horizonte e também no Governo do Estado de Minas Gerais para alcançar este objetivo. O UOL Esporte apurou que, nas duas últimas semanas, houve um avanço neste trâmite nas duas esferas, restando apenas um aspecto para ser avaliado em ambos âmbitos. O fato gerou animação nos bastidores, uma vez que a situação estava estagnada há mais de um mês.

Os detalhes ainda são tratados com sigilo. A ideia é que Bruno Muzzi, responsável pelo planejamento do estádio, explique a situação do estádio no fim de novembro, quando haverá uma reunião do Conselho Deliberativo.

O gestor contratado pelo clube para acompanhar as obras detalhou o ocorrido para o presidente após uma reunião durante a semana. A expectativa é que a dupla consiga finalizar os trâmites, transformando o estádio em projeto de inclusão social até dezembro de 2018.

"Nós estamos tendo alguns entraves burocráticos para iniciar as obras no estádio, mas tive uma boa notícia de que demos um passo muito importante para vencer mais um obstáculo. Existem mais alguns obstáculos, mas quero crer que está se aproximando a hora que vamos ter tudo resolvido e o alvará para iniciar as obras do nosso estádio", disse Sérgio Sette Câmara durante a apresentação de Marques como diretor de futebol.

O Atlético pretendia iniciar as obras do estádio em 2018. Porém, devido aos entraves burocráticos no decorrer do processo, o clube só conseguirá começar o projeto em 2019. A ideia é que os primeiros trabalhos sejam feitos no primeiro semestre do próximo ano.

Futebol