PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Treinos ajudam e Shaylon conquista Dorival pela eficiência em campo

Garoto soma apenas 125 minutos no Brasileirão, mas já tem dois gols - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Garoto soma apenas 125 minutos no Brasileirão, mas já tem dois gols Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/10/2017 04h00

É bom o torcedor do São Paulo se acostumar, pois a tendência é que a presença de Shaylon nas partidas da equipe seja cada vez mais frequente nesta reta final do Campeonato Brasileiro. O técnico Dorival Júnior se mostrava fã do garoto desde as negociações para assumir o comando do Tricolor em julho e agora tem a confiança de que pode usá-lo mais, tanto pelo desempenho nos treinamentos, quanto pela efetividade em campo.

Entre os jogadores do atual elenco, o meia só não atuou menos minutos do que o atacante Brenner, que soma 39 em duas partidas. Shaylon foi acionado em cinco ocasiões - Flamengo, Santos, Sport, Atlético-MG e Fluminense - e totaliza 125 minutos em campo, considerando até os acréscimos dos jogos. E mesmo com o tempo curto para mostrar serviço, já anotou dois gols. O último deles na quarta-feira passada, no revés por 3 a 1 para o Flu no Maracanã.

Foram quatro finalizações em cinco partidas para gerar os dois tentos, além de 50 passes certos e apenas seis errados. Dorival acredita que o armador dá mais lucidez ao time, já que o garoto tem boa visão de jogo e dificilmente erra na distribuição da bola. Pesa ainda a presença de área dos tempos de base no São Paulo, quando chegou a ser artilheiro da Copa do Brasil Sub-20 do ano passado com seis gols.

E para otimizar essas características, a comissão técnica decidiu fazer experiências com Shaylon no CT da Barra Funda. Dorival testou o meia de 20 anos como "falso 9", centralizado no ataque, como volante e até como lateral-esquerdo. O jovem canhoto aprovou as experiências e acredita que conseguiu corrigir sua principal dificuldade: a intensidade na hora de marcar. 

Shaylon foi lançado por Rogério Ceni em janeiro deste ano e estreou pela equipe profissional diante do River Plate, ainda pela Florida Cup. Ao todo, soma 12 partidas no time principal, sendo apenas duas como titular: o empate em 2 a 2 com o Novorizontino, quando foi sacado no intervalo, e a vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, quando ficou em campo o tempo todo. Os dois compromissos foram pelo Campeonato Paulista.

Futebol