PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conte reprova Mourinho e pede para técnico 'esquecer o Chelsea'

Shaun Botterill/Getty Images
Imagem: Shaun Botterill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/10/2017 08h42

Antonio Conte se incomodou com declarações de José Mourinho. Sem dar nomes, o treinador português disse que têm técnicos que “choram demais” quando comentam lesões em seus respectivos elencos. Conte entende que era um dos alvos do recado.

O atual treinador do Chelsea lamentou recentemente os problemas físicos que acometem seu elenco. Conte rebateu o técnico do Manchester United:

“Se ele [Mourinho] estiver falando sobre mim, eu acho que ele deveria pensar mais no seu time e olhar mais para si mesmo, e não para os outros. Eu entendo que há muito tempo que Mourinho quer saber o que está acontecendo no Chelsea. Várias vezes isso aconteceu também na temporada passada. [Ele] Tem que pensar mais na sua equipe”, declarou Conte, relembrando passagem de Mourinho pelo Chlesea.

Briga antiga

Conte e Mourinho já se estranham faz algum tempo. Os dois discutiram durante duelo entre Chelsea x Manchester United, nas semifinais da Copa da Inglaterra. O Chelsea venceu por 1 a 0.

Na ocasião, Conte minimizou o entrevero, declarando que na lateral do campo “é guerra”.

A confusão entre os treinadores (e também com a arbitragem) começou quando Ander Herrera cometeu falta sobre Eden Hazard. O espanhol recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso, deixando o United com um a menos.

Quatro minutos depois, Conte reclamou de uma falta de Antonio Valencia em Marcos Alonso. “De novo, de novo… Jogue bola”, cobrou o italiano do Chelsea. Mourinho não gostou da pressão do adversário sobre o adversário e dirigiu outras reclamações à arbitragem ao banco de reservas do time londrino.

Foi o estopim para a discussão. Conte então dirigiu-se a Mourinho e à arbitragem para retrucar. O português fez o mesmo. Integrantes das duas comissões técnicas também se envolveram na confusão, que só foi apartada após a intervenção do quarto árbitro.

Futebol