PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Volante rescinde com clube chinês e volta a ser oferecido ao Corinthians

Renê Júnior não é mais jogador do Guangzhou Evergrande - Mauricio de Souza/VIPCOMM
Renê Júnior não é mais jogador do Guangzhou Evergrande Imagem: Mauricio de Souza/VIPCOMM

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

15/03/2016 19h24

O nome do volante Renê Júnior, 26 anos, voltou à pauta do Corinthians.

Recentemente, o jogador rescindiu contrato com o Guangzhou Evergrande e se tornou opção para o mercado brasileiro. Ele foi oferecido à direção corintiana, que há um ano tentou negociar sua contratação. Se recuperou fisicamente, inclusive, nas dependências do Corinthians.

Na ocasião, o clube chinês chegou a autorizar o empréstimo de Renê Júnior, mas não houve acordo salarial para a transferência. O jogador estava sem espaço no grupo dirigido pelo treinador Luiz Felipe Scolari e estendeu sua permanência na China por mais alguns meses, mas não recebeu novas oportunidades.

Além do interesse antigo e da liberação na China, um detalhe aproxima as partes. O volante deixou de trabalhar com o empresário Eduardo Uram e recentemente assinou com a empresa Elenko Sports, liderada pelo agente Fernando Garcia. Ele é, atualmente, representante de dez jogadores do elenco do Corinthians.

Renê Júnior chega ao Brasil nas próximas horas e atua em uma posição carente no elenco do Corinthians. O titular Bruno Henrique sofre críticas no início da temporada e o reserva Willians, seu substituto ideal, ainda não agradou completamente. A direção corintiana negou negociar com Renê.

Futebol