PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Estilistas consideram Messi moderno, e vestido de Fernanda divide opiniões

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

13/01/2014 16h59

Lionel Messi e Fernanda Lima foram as personalidades que mais chamaram a atenção no prêmio Bola de Ouro da Fifa. Estilistas ouvidos pelo UOL Esporte consideraram o argentino moderno, enquanto a apresentadora foi elogiada pela beleza, mas dividiu opiniões com um vestido verde.

Fernanda usou um longo do estilista brasileiro Samuel Cirnansck. O modelo era bem mais comportado do que o look usado no sorteio da Copa do Mundo, quando a modelo atraiu as atenções do mundo todo com um vestido dourado que tinha um decote generoso e expunha suas belas curvas.

O estilista mineiro Ronaldo Fraga ressaltou que Fernanda é linda e fica bem com qualquer roupa, mas considera o look adotado no Bola de Ouro careta. Em sua opinião, o vestido tem cara de ‘tapete vermelho de Oscar’.

“A Fernanda é muito linda e já chama a atenção por si só com qualquer roupa. Eu já passo a gostar mais do vestido só por ela ter optado por um estilista brasileiro. Mas em um primeiro momento, achei pouco surpreendente, muito careta”.

“É indiscutivelmente bonito, mas é a típica roupa de festa, ficou muito tapete vermelho do Oscar, um pouco velho”, afirmou Fraga.

O estilista Ronaldo Ésper também considerou o modelito bonito, mas fez ressalvas. Ele criticou o corte da roupa que tem drapeados e bordados na parte central do corpo. "Essa concentração no meio fica um pouco vulgar. Eu colocaria esse drapeado na mesma altura, mas um pouco mais para o lado".

O jornalista especialista em moda André do Val viu uma evolução em relação ao vestido utilizado no sorteio dos grupos da Copa do Mundo. “Ela é uma deusa e fica linda só de camiseta, num vestido desses então é uma aparição divina. Acertou ao maneirar no decote que lhe rendeu críticas negativas na ocasião o sorteio da Copa, mas não abriu mão de mostrar um pouco de pele bronzeada.”

Lionel Messi também mereceu as atenções dos estilistas brasileiros. O argentino perdeu o prêmio para Cristiano Ronaldo na Bola de Ouro, mas manteve a pose e chamou a atenção pelo visual. O craque do Barcelona optou por um chamativo terno vinho da marca Dolce&Gabbana.

Messi já é conhecido pelos figurinos chamativos em eventos da Fifa. Na Bola de Ouro 2012, vestiu um terno de bolinhas. Já na entrega da Chuteira de Ouro, que premia os artilheiros dos campeonatos europeus na temporada, o atacante usou um casaco com estampas de flores.

Ronaldo Fraga é fã do estilo ousado do atacante e acredita que ele quebra paradigmas sempre que aparece nas premiações. “Mais uma vez ele repetiu o feito. Foi ousado e moderno como no ano passado e quebrou a obviedade do preto. O terno colorido é uma tendência atual, o homem tem perdido medo da cor”.

Ésper tem a mesma opinião de Fraga ao afirmar que os ternos coloridos para homens estão na moda. Ele ainda elogiou o corte da roupa. No entanto, tem estilo mais conservador por preferir cores mais neutras.

"É um terno bem cortado, um Dolce&Gabbana sempre é bem feito. Esse jogador está usando a última moda. Os homens ainda são meio refratários e estão desacostumados a usarem todas as cores. Mas eu gosto de homem com cor de homem. Assim fica meio chapado. Num certo sentido, fica um pouco brega".

Do Val foi na contramão e disse acreditar que o agora ex-melhor do mundo exagerou demais e perdeu a linha. “Escolher tecido vermelho com brilho fez parecer mais que estava querendo chamar a atenção do que fazer um depoimento de estilo. Já faz tempo que o Messi assumiu este personagem, que usa sua imagem além das quadras pra se promover e não vejo nada errado nisso. Porém, desta vez deu a impressão de que ele sabia que não ganharia, mas queria marcar presença na noite de qualquer jeito, gratuitamente.”

Futebol